Carregando...
''
00-CAPA-cartoesPostais

10 cartões postais do Brasil, segundo a UNESCO

Às vezes nem percebemos que aquele monumento, o coração daquela cidade, uma cidade inteira ou simplesmente aquela paisagem natural ou urbana que estamos visitando representa muito para a humanidade. Tem tamanha importância que a sua preservação interessa a todos os povos do mundo e está na Lista do Patrimônio Mundial da UNESCOOrganização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura, composto por representantes de 190 países. Não é fácil entrar nessa lista e poucos conseguem essa classificação. De 1972 até agora existem 1073 patrimônios mundiais declarados, 21 deles estão no Brasil, sendo 14 históricos e 7 naturais, que envolvem áreas de conservação e parques nacionais.

Para inspirar destinos de viagens de valor universal, selecionamos os mais recentes patrimônios mundiais listados pela UNESCO localizados no Brasil.

Sítio Arqueológico de Valongo, Rio de Janeiro. (cultural/2017).

10-INTERNA-valongo

 

Antigo cais de pedra construído em meados do século 19 na zona portuária do Rio para o desembarque de cerca 900 mil escravos africanos no Brasil e na América do Sul. Foi descoberto em 2011durante as escavações feitas para a reforma da zona portuária para a Rio 2016.

Conjunto Moderno da Pampulha, Belo Horizonte, Minas Gerais (cultural/2016).

02-INTERNA-pampulha

Desenhado pelo arquiteto Oscar Niemeyer. É composto pela Igreja de São Francisco de Assis, pelo Cassino (atual Museu da Pampulha), a Casa do Baile (atual Centro de Referência em Urbanismo, Arquitetura e Design de Belo Horizonte) e o Iate Clube. Um espelho d’água e uma orla trabalhada com paisagismo de Burle Marx conferem unidade ao conjunto.

Paisagens cariocas entre as montanhas e o mar– Rio de Janeiro (cultural/2012).

09-INTERNA-rio

A primeira  paisagem cultural urbana declarada Patrimônio Mundial envolve elementos naturais que moldaram a cidade como o Pão de Açúcar, o Corcovado, a Floresta da Tijuca, o Aterro do Flamengo, o Jardim Botânico, a praia de Copacabana, a entrada da Baía de Guanabara.

Praça São Francisco, São Cristovão, Sergipe (cultural/2010).

08-INTERNA-saoFrancisco

A praça reflete a história da cidade desde sua origem, cercada por importantes edifícios que marcam o início da ocupação por portugueses e espanhóis, como a Igreja e Convento de São Francisco, a Igreja e Santa Casa da Misericórdia, o Palácio Provincial e as casas dos séculos 18 e 19.

Centro Histórico da cidade de Goiás, Goiás (cultural/2001).

03-INTERNA-goias

Modesta, porém harmoniosa, a paisagem urbana reflete o crescimento urbano a partir da ocupação e colonização das terras do Brasil central nos séculos 18 e 19.

Área de Conservação do Pantanal, Mato Grosso (natural/2000).

07-INTERNA-pantanal

Área de 187.818 hectares. Engloba oParque Nacional Pantanal Mato-grossense e as Reservas Especiais de Acurizal, Penha e Doroche. É um dos maiores ecossitemas de zonas úmidas de água doce do mundo, com diversidade de vegetação e de espécies de animais.

Complexo de Conservação da Amazônia Central, Amazonas (natural/2000 e 2003).

01-INTERNA-amazonia

É a maior área protegida da Bacia Amazônica, com mais de 6 milhões de hectares, com rica biodiversidade, florestas de igapó, lagos e canais que abrigam a maior variedade de peixes elétricos do mundo e responsável pela proteção de espécies ameaçadas de peixes e duas espécies de golfinhos.

Fernando de Noronha e Atol das Rocas, Pernambuco e Rio Grande do Norte (natural/2001).

06-INTERNA-noronha

Os belíssimos cenários das reservas do arquipélago e do único atol do Atlântico Sul abrangem 42.270 hectares, com baías, recifes, praias como do Sando e do leao, eleitas as mais belas do Brasil. Segundo a UNESCO, um oásis de vida marinha onde as ilhas desempenham papel fundamental no processo de reprodução, dispersão e colonização por organismos marinhos em todo o Atlântico Tropical do Sul.

 Reservas do Sudeste da Mata Atlântica – Paraná e São Paulo (natural/1999).

04-INTERNA-mataAtlantica

São 25 áreas protegidas em 470 mil hectares, biologicamente ricas e com um dos mais belos cenários tropicais – montanhas cobertas de densas florestas, ilhas costeiras e dunas isoladas.

Costa do Descobrimento – Reserva da Mata Atlântica– Bahia e Espírito Santo (natural/1999).

05-INTERNA-montePascoal

 

Oito áreas protegidas entre a costa sul da Bahia e a costa norte do Espírito Santo, totalizando 112 mil hectares de floresta atlântica, onde estão três parques nacionais – Descobrimento, Monte Pascoal e Pau Brasil -, duas reservas biológicas federais, Sooretama e Uma, e três reservas especiais, Veracruz, Pau Brasil, Ceplac e Linhares.

Texto Publicado na Revista Férias&Lazer – Ed. 56

Deixe um comentário