Carregando...
''

10 Falésias que valem a viagem

A Natureza é uma artista talentosíssima. Está aí há mais de 180 milhões de anos esculpindo formas maravilhosas, para alegria dos viajantes. Adoramos apreciar, e aproveitar, o resultado da “briga” entre o mar e o rochedo para desfrutar de piscinas naturais em baías circundadas por montanhas ou fotografar pores de sol, enquadrando o astro-rei no buraco de uma pedra furada pela ação do mar, da chuva e do vento. As falésias, aqueles altos paredões de areia que terminam ao nível do mar, são outro produto belíssimo desse trabalho permanente. Além de ótimos mirantes, base de decolagem para voos de parapentes e trampolins naturais, as falésias também contam histórias da origem da Terra em cada uma das suas camadas sedimentares expostas, fazendo a alegria de geólogos enquanto não são engolidas pelo mar. A costa brasileira tem um relevo vivo, salpicado de falésias que são cartões-postais de muitos estados, desde montanhas avermelhadas, como as coloridas falésias do Nordeste até paredões de granitos no litoral do Rio Grande do Sul.

Torres- Rio Grande do Sul (RS) – Três famosos penhascos à beira-mar justificam o nome da cidade. São verdadeiras torres talhadas em granito: Morro do Meio, em cujo platô é possível fazer caminhadas, o Morro da Guarita, um mirante com visão fantástica para as praias e a cidade, e o Morro do Farol, que pode acessado de carro e de onde decolam voos de paraglider.

06-INTERNA-torres-rio-grande-do-sul

São Francisco de Itabapoana (RJ)-  A praia Lagoa Doce é a única no estado do Rio de Janeiro a apresentar falésias que chegam até 10 metros de altura. Elas começam a se formar na Ponta do Retiro e percorrem pintando a orla de tons que vão do vermelho ao branco. Atrás das falésias, uma lagoa de água doce.

Praia da Pitinga – Arraial d’Ajuda- BA – Falésias multicoloridas emolduram a enseada de águas esverdeadas, mornas e transparentes, com ondas fortes que se quebram nos recifes.

Praia do Carro Quebrado, Barra de Santo Antônio (AL) – O contraste de cores é marcante e o cenário é arrebatador: praia quase deserta, falésias coloridas, mar de águas azuis esverdeadas, coqueirais e canaviais. As falésias têm alguns pontos de acesso que permite subir até um mirante para apreciar a vista e tirar fotos incríveis.

Baía dos Porcos, Fernando de Noronha (PE) –Já foi escolhida como a praia mais bela do Brasil: faixa estreita de areia, pedras vulcânicas, mar cor de esmeralda, o gigantesco Morro Dois Irmãos à frente e uma falésia de 30 metros de altura, chamada Forte de São João Baptista, protegendo esse cenário único.

01-INTERNA-baia-dos-porcos-noronha

Praia do Gunga, Alagoas (AL) – Um passeio de quadriciclo, de buggy ou uma boa caminhada levam até as falésias de areias coloridas que adornam a praia quase deserta. O cenário é completado por um imenso coqueiral e pela Lagoa do Retiro que deságua no Atlântico.

Praia da Pipa – Tibau do Sul- (RN) –Prepare-se para apreciar falésias que chegam a 45 metros de altura e emolduram as praias da Pipa e do Amor, separadas da faixa litorânea por um desfile de duna.

04-INTERNA-praia-da-pipa

Falésias de Tambaba, Conde – Paraíba (PB) – Trilhas levam até as falésias de cor ocre para fotos incríveis: as belíssimas praias do litoral sul e suas exuberantes falésias que circundam Tambaba.

03-INTERNA-conde-tambaba

Praia do Morro Branco – Beberibe – (CE)- O conjunto de falésias coloridas, o Monumento Natural das Falésias, é uma área preservada de 32 hectares, entre a Praia do Morro Branco e a Praia das Fontes. Engloba atrações como o Labirinto das Falésias, formado pela erosão das falésias, e a Gruta Mãe D’água, de onde brotam fontes de água mineral que deságuam diretamente no mar.

05-INTERNA-praia-do-morro-branco

Canoa Quebrada- Aracati – Ceará – (CE) – A praia fica entre o mar de cor esmeralda e as falésias vermelhas e alaranjadas de até 30 metros de altura.

02-INTERNA-canoa-quebrada-

Texto Publicado na Revista Férias&Lazer – Ed. 55

Deixe um comentário