Carregando...
''
01-DestaqueAparecida

Aparecida, experiências e atrações que emocionam

A fé move montanhas e também viajantes. O maior centro de peregrinação religiosa da América Latina está localizado no Vale do Paraíba, no estado de São Paulo, a 188 quilômetros da capital e a 269 quilômetros do Rio de Janeiro, com acesso pela Via Dutra. Mais de 10 milhões de pessoas chegam anualmente à “Capital Mariana da Fé”, como a cidade de Aparecida é chamada, movidas pela fé e pelas experiências que poderão ser vivenciadas dentro e fora da principal atração da cidade: a Basílica de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, elevada a Santuário Nacional em 1984.

Dica: A cidade é muito quente e as atrações envolvem caminhadas, recomendando-se beber muito líquido, usar roupas leves, protetor solar, chapéu ou bonés. O tipo de calçado mais adequado é o tênis.

Com mais de 142 mil metros quadrados de área construída, a Basílica de Nossa Senhora Aparecida é a segunda maior do mundo, perdendo apenas em tamanho para a Basílica de São Pedro, no Vaticano.  Projetada pelo arquiteto Benedito Calixto de Jesus, a Basílica foi construída em estilo neoclássico, na forma de uma cruz grega, no período de 1952 a 1955, e sagrada em julho de 1980, pelo Papa João Paulo II. Seu interior abriga a imagem original da santa padroeira, que teria sido encontrada por pescadores no Rio Paraíba, em 1717.  A imagem tem apenas 39 centímetros e pesa pouco mais de 4 quilos.

Torre da Basílica

01-Post-torre-da-basilica

A Basílica de Nossa Senhora Aparecida tem capacidade para 75 mil pessoas. No seu subsolo encontram-se a Sala das Promessas, a Capela dos Batizados, Salão dos Romeiros (espaço para refeições) e outros apoios.  Na Torre da Basílica estão os dois andares do Museu Nossa Senhora da Conceição Aparecida, que guarda relíquias de valor sacro e histórico e, no 18º. andar, o Mirante da Torre Brasília, de onde é possível ter uma vista privilegiada da cidade, de boa parte do Vale do Paraíba, do Rio Paraíba e da Via Dutra, que corta a cidade.

Passarela da Fé

03-Post-passarela-da-fe

A passarela liga a Matriz da Basílica, construída no século 18, à Basílica atual. O percurso dos 389 metros de extensão da Passarela da Fé, que tem o formato de “S” em homenagem a Nossa Senhora Aparecida, tem o poder de envolver várias emoções: um visual fantástico da cidade na sua parte mais alta e as demonstrações de fé dos romeiros e visitantes ao atravessá-la.

Matriz Basílica

06-Post-matriz-basilica

Pela história que marca tudo que se tornou hoje o Santuário de Aparecida, por se consagrar símbolo de fé dos romeiros e até pela arquitetura e rica decoração interna, a visita é imperdível. Construída em 1745 em estilo barroco, a Basílica Velha, como é conhecida, foi a primeira igreja a abrigar a imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida. Sua marca registrada são os desgastados degraus de pedras na entrada, as duas torres e os sinos que, quando se dobram anunciando as missas, emocionam. Atenção para o altar-mor e o retábulo construídos em mármore de Carrara, na Itália, e os púlpitos esculpidos em cedro.

Porto Itaguaçu

02-Post-porto-itaguacu

O passeio leva ao Rio Paraíba do Sul, no local onde os três pescadores resgataram das águas a imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, em 1717. Ali foram construídos uma singela capela, com uma parede de vidro atrás do altar, que permite observar o Rio Paraíba, e um monumento aos três pescadores, formando o cenário perfeito para preces. Para completar, guias contam toda a história do encontro num gostoso  passeio de balsa, subindo ou descendo o rio. Uma das opções do passeio é ir de charrete até o local, com saídas da área do Santuário Nacional de Aparecida.

 

Teleférico ou “bondinho da fé”

07-Post-bondinho-da-fe

Embarque na Estação Santuário, situada junto na Basílica Nova ou na Estação Cruzeiro, no Morro do Cruzeiro, e acomode-se numa das 47 cabines do teleférico.  Curta o passeio aéreo a bordo de coloridos bondinhos que ligam a parte baixa da cidade, onde está a Basílica nova, à parte alta, onde está a Basílica Velha, no Morro do Cruzeiro. A visão panorâmica da cidade é belíssima. A viagem leva de 5 a 8 minutos e percorre 1.170 metros sobre a cidade e a Rodovia Presidente Dutra, vencendo um desnível de 115 metros. O transporte veio facilitar o acesso ao Morro do Cruzeiro.

Dica: Viajantes sugerem comprar passagem só de ida para o teleférico para descer a pé o Morro do Cruzeiro. Pelo caminho, painéis em estilo neoclássico desenham a Via Sacra e marcam as 14 estações da Paixão de Cristo.

Mirante do Morro do Cruzeiro

05-Post-mirante-do-morro-cruzeiro

Além da Via Sacra, na altitude de 685 metros, o Morro do Cruzeiro apresenta um Mirante. Ele é composto por uma torre de 30 metros de altura com dois elevadores panorâmicos e, no topo,  uma área envidraçada  que permite vista panorâmica do Santuário de Aparecida e de toda a região do entorno da cidade.

Dica: Guaratinguetá  está localizada a apenas cinco quilômetros de Aparecida. É lá que fica a famosa Igreja de Frei Galvão, o primeiro santo brasileiro.

Museu de Cera 

04-Post-museu-de-cera

A mais nova atração do Santuário Nacional de Aparecida, o  Museu de Cera  temático,   promete emoções diferentes. Vinte cenários  e 70 estátuas construídas em tamanho real ajudam a contar histórias de vida, de devoção e respeito à Padroeira do Brasil.  Personalidades e passagens como a vinda do Papa João Paulo II, do Imperador Pedro I, do  Papa Francisco e até o ex-jogador Ronaldo Fenômeno estão  retratados. O cenário mais emocionante está na entrada e conta a história dos três pescadores quem encontraram a imagem nas águas do Rio Paraíba.

Se a sua próxima experiência de viagem inclui um roteiro de fé, confira as opções de hospedagens dos parceiros RDC na região de Aparecida.  Conte com a nossa Central de Reservas.

Deixe um comentário