Carregando...
''

As Galinhas de Porto de Galinhas

A história por trás do nome “Porto de Galinhas” instiga a curiosidade dos visitantes desse povoado do município de Ipojuca, a pouco mais de 50km de Recife (PE).

Contam os guias locais que no século 19, após a abolição da escravatura no Brasil, a região foi um porto de desembarque clandestino de escravos, que eram trasportados nos porões dos navios ao lado de gaiolas de galinhas-d’angola. Segundo os guias da região, a encomenda de galinhas era para o imperador Dom Pedro, apreciador do prato. Então, os traficantes de escravos aproveitavam a encomenda de Dom Pedro para “esconder” o tráfego de negros com o trasporte das galinhas. Quando os navios carregados chegavam no porto, algumas galinhas eram soltas pela manhã, desta forma, os senhores de engenho de cana-de-açúcar ficavam sabendo que “tinha galinha nova no porto”, e na calada da noite os negros eram comercializados. Depois os navios seguiam para o Rio de Janeiro com o restante das galinhas.

Galinha-Azul

As galinhas acabaram se tornando fonte de inspiração dos artesãos locais. Destaca-se, entre eles, o artista Gilberto Carcará. Sua obra decora as ruazinhas de Porto de Galinhas. Talhadas no tronco de coqueiros mortos, você pode encontrar de Salvador Dalí a Amy Winehouse.

3-imgs

Com suas criações, Carcará colore as ruas e traz leveza ao sofrimento que batizou a região. É como se sua arte fosse uma forma simbólica de amenizar a história por trás do nome de Porto de Galinhas.

Galinha amarela

O Ateliê de Gilberto Carcacá fica situado no km 7 da estrada PE-9, fora do centrinho da vila. Saiba mais visitando o blog da Secretaria do Turismo de Pernambuco. Além das estátuas de galinhas, Gilberto Carcará também cria pinturas, painéis e esculturas a partir de materiais recicláveis.

 DICA RDC: Grande parte das lojas, barraquinhas e galerias concentram-se na Rua da Esperança. As aves, coloridas ou pretas de bolinhas brancas, são tema de enfeites para casa, utensílios domésticos, cerâmica, entre outros. Além do artesanato com as galinhas, são vendidos entalhes de madeira, rendas, bordados, bolsas de palha e quadros.

Programe-se para conhecer de pertinho e descobrir todos os encantos desse lugar. ‪ Confira os hotéis parceiros em Porto de Galinhas e em Recife (cidade próxima).

aldineia sousa

Amei conhecer Porto de Galinhas e as piscinas naturais são um espetáculo à parte. Mas Vale a dica: pesquisar no site da marinha a tábua da maré, a fim de que possa aproveitar ao máximo especialmente quem estiver com Crianças e adolescentes. Com cerTeza eles irÕ adorar ver os peixes coloridos.

30 de setembro de 2015 | Responder
    Redação RDC

    Olá, Aldinéia! Que bom que você gostou de Porto de Galinhas! Adoramos sua dica e ela já está anotada. Obrigado pela contribuição! Aproveite e compartilhe conosco sua experiência em Porto de Galinhas, envie seu depoimento para o e-mail marketing@rdc-ferias.com.br, sua história poderá sair em nossa Revista Férias&Lazer.

    2 de outubro de 2015 | Responder

Deixe um comentário