Carregando...
''
capa

Buenos Aires de todas as estações

Cafés antigos, livrarias históricas, bares clássicos, mais de 100 museus e galerias de arte; um vaivém de pessoas nas calçadas, avenidas largas,  a maior concentração do mundo de teatros e pequenos teatros experimentais, prédios cheios de classe, praças que contam histórias políticas que se misturam à arte, restaurantes de todos os estilos; cassinos, tango e  futebol. Só por esse olhar, Buenos Aires merece ser visitada. O charme começa pela localização. Buenos Aires fica às margens do Rio da Prata, na costa ocidental do estuário, onde os rios Paraná e Uruguai desaguam no Atlântico. É a capital da Argentina, uma cidade cosmopolita que esbanja urbanidade, exibindo cenários e arquitetura que  fazem os brasileiros sentirem-se num pedacinho da Europa.

buenosa-aires-aereo

Dica: Argentina é uma federação composta de 23 províncias e uma cidade autônoma, Buenos Aires, a capital do país, que não faz parte da província de Buenos Aires.

Quem nunca foi à Buenos Aires vale fazer um tour para sentir a cidade, conhecer pontos icônicos e construir a sua própria opinião sobre eles. Você pode fazer isso utilizando, gratuitamente, o Sistema de Transporte Público de Bicicletas que dá direito a usar a bike durante uma hora e depois devolvê-la numa das 9 estações estrategicamente localizadas. Como o próprio nome diz, é um sistema público, portanto os portenhos usam naturalmente no seu dia a dia. As ciclovias foram desenhadas para integrar diferentes pontos e  permite conexão com outros meios de transporte.

buenos-aires-sistema-bicicleta

Pedale até os bosques de Palermo, a área de lazer mais importante da cidade e a preferida dos moradores de Buenos Aires. Escolha o Jardim das Rosas, El Rosedal, um dos mais bonitos da capital, com 18 mil roseiras de espécies diferentes, um pátio típico de Andaluzia e um lago onde é possível alugar barcos.

bosques-palermo

Para retirar a bike é preciso preencher um cadastro e isso pode ser feito on line. O serviço funciona de segunda a sexta-feira das 8 às 20 h e aos sábados das 9 às 15 h. A estação CMD opera de segunda a sexta-feira das 10 às 18 h. O serviço não funciona nos feriados.

Buenos Aires, também conhecida como Paris da América Latina, atrai maior número de viajantes em estações extremas como o verão (entre dezembro e janeiro) e o inverno (entre julho e agosto), quando tudo ganha um ar romântico. Friozinho lá fora, calefação aqui dentro. Pra esquentar, dá para arriscar passos de tango no La Viruta, no charmoso bairro de Palermo. Ou ganhar calorias e perde-las ao mesmo tempo, bailando na Confeitaria Ideal, inaugurada em 1912, no centro da capital argentina.

tango-buenos-aires

Dica: A Confeitaria Ideal é considerada “joia da Belle Époque de Buenos Aires“. Confira os lustres franceses, os vitrais italianos, as paredes revestidas de madeira esculpidas na Europa, as escadarias de mármore, os móveis autênticos do revolucionário designer alemão do século 19, Michael Thonet. O elevador leva ao salão de danças no 1º. andar, para você aprender a bailar tango e milongas.

No centro de Buenos Aires estão os principais cartões postais da cidade, como a Plaza de Mayo, criada em 1580, palco de históricas manifestações políticas, cercada por monumentos e construções famosas, como a sede do governo federal, a Casa Rosada, construída na metade do século 19 sobre o Forte de Buenos Aires. Visite o subsolo da Casa onde se encontra o Museu da Casa Rosada, antigo Museu do Bicentenário. Surpreenda-se com a tecnologia usada, as telas interativas em contraste com as ruínas do antigo forte.

casa-rosada

Ainda no centro, construções como El Cabido, do século 19 e a Catedral Metropolitana. No coração da cidade está um dos mais importantes teatros líricos do mundo, o Teatro Colón, inaugurado em 1908, localizado próximo ao Obelisco.

teatro-colon

Dica: Aproveite o centro e conheça bares típicos como El Colonial e cafés como o tradicional e intimista Café Tortoni, com seus sanduíches fantásticos, churros e shows de tango que fogem dos modelos convencionais.

Para quem deseja fazer compras e sentir o ritmo da cidade, aproveite a visita ao centro e vá à Calle Florida. Um calçadão que começa na Avenida Rivadavia, próximo a Plaza de Mayo. Ao longo de dez quadras desfilam galerias, lojas, bares, cafés e restaurantes que nos finais de semana ficam abertos até a madrugada.

feira-de-san-telmo

Percorra a cidade e perceba seus contrastes, caminhando por bairros tradicionais como San Telmo, de vida boêmia e reduto de artistas. Um lugar onde ainda é possível ouvir tango e beber num bar com os moradores do bairro. Na Plaza Dorrego estão à disposição cafés, antiquários, lojas de roupas e de arte em geral.

Dica: Aos domingos, das 10h às 17horas, visite a Feira de San Telmo, famosa pela venda de antiguidades e onde também é possível comprar peças de artesanato, pinturas, livros, souvenires etc.

Pertinho dali, a apenas 2,5 km, às margens do rio Riachuelo, está localizado o tradicional bairro portuário de Buenos Aires, o La Boca, que por volta de 1870 começou a receber imigrantes italianos, responsáveis pelos conventillos“, casas construídas em madeira e placas de zinco onduladas, com muitos quartos, um pátio central e banheiro compartilhado. Essas casas, pintadas com restos de tintas, são a marca registrada do bairro. Na década de 1920 as ruas do bairro receberam de um artista plástico, morador desse bairro pobre, e de alguns amigos seus, pinturas, esculturas, mosaicos, murais, constituindo o primeiro museu a céu aberto de Buenos Aires. Confira esse tipo construção genuína nos três quarteirões da rua Garibaldi.

la-boca

O Caminito abriga outras atrações, além do próprio bairro, como o Museu de Arte Quinquela Martín. No museu, uma coleção de óleos de Benito Quinquela Martín, o famoso artista boquense que pintou de arte as ruas do bairro entre 1922 e 1967, dentre outras obras de artistas argentinos a partir do século XIX.

la-bombonera

Já que está em La Boca, visite La Bombonera, o famoso estádio de futebol do Boca Júniors, a apenas 3 quadras do Caminito. Os amantes do esporte podem fazer um tour guiado pelo Museo de la Pasión Boquense.

Dica: Procure visitar La Boca durante o dia. O bairro é considerado perigoso, pois é muito visado, por causa dos turistas. Evite ceder às abordagens de todas as espécies.

O contraste da cidade fica por conta de Puerto Madero. Após a sua espetacular revitalização que começou em 1990, hoje é um bairro nobre e elegante de Buenos Aires, um dos mais modernos da cidade e centro gastronômico. Destaques para a Puente de la Mujer, do arquiteto espanhol Santiago Calatrava, que gira 90 graus para permitir a passagem dos navios, e para a Fonte das Nereidas, construída em homenagem às mulheres argentinas e uma das mais belas de Buenos Aires. Outra curiosidade do local é um antigo navio- escola ancorado e transformado no Museu “Fragata Sarmiento”.

puente-de-la-mujer

À noite Puerto Madero fica magnífico. Aproveite para jantar em um dos inúmeros restaurantes que beiram o Rio da Prata, como a tradicional Cabaña Las Lillas, que está lá há 20 anos oferecendo pratos típicos como o famoso bife de chorizo, o ojo de bife, o asado de tira e muitos outros tipos de carnes. Para um happy hour descontraído, com comidinhas deliciosas, aposte em  Johnny B. Good, um restaurante temático do tipo Hard Rock Café.

bife-de-chorizo

Embora com muita coisa para ser vista em Buenos Aires, vale a dica de um passeio diferente, a 33 km de Buenos Aires, e que los Hermanos adoram. O passeio de barco acontece no município de Tigre, no Delta do rio Paraná, o quinto maior do mundo, no encontro de três rios: o Tigre, o Sarmiento e o Luján. Navegando, surgem cenários belíssimos, construções como o Museu MAT – Museu de Artes de Tigre, beirando o rio, e também ilhas, onde pode até rolar um piquenique.  São várias as atrações ao final do passeio, na costa dos rios Tigre e Luján, como um parque de diversões e várias opções de restaurantes e bares, além é claro, de uma vista fantástica.

Se o seu próximo destino de viagem é Buenos Aires, conte com a flexibilidade do seu Plano de Férias e com as opções de hospedagens na capital argentina. Consulte a RDC viagens, a agência preferencial do associado. Entre em contato com a nossa Central de Reservas.

Deixe um comentário