Blog RDC Férias
Carregando...
''
capa

Capitólio, a fotogênica “Rainha dos Lagos”

Sabe aqueles destinos que, de uma hora para outra, começam a surgir no mapa turístico, atraindo visitantes não só da região e do país, também de várias partes do mundo? Pois bem, Capitólio é um desses.

Localizado no sudoeste de Minas Gerais, a 276 km de Belo Horizonte e com pouco mais de 8.000 habitantes, Capitólio integra o “Circuito das Nascentes das Gerais” juntamente com outros municípios banhados pelo Lago de Furnas, também chamado “O mar de Minas” – um reservatório com 1,440 km² de extensão, quatro vezes maior que a Baía de Guanabara, formado quando da transposição do Rio Grande e do Rio Piumhi para a bacia do Rio São Francisco, em 1963, para a construção da Usina Hidrelétrica de Furnas.

capitolio

O cenário não poderia ser mais espetacular: cachoeiras, cânions com paredões que chegam a 50 metros de altura, cascatas que caem sobre degraus de pedras mineiras naturalmente empilhadas, quedas d’água que acabam em piscinas naturais para refrescantes banhos de imersão, lagoas para a prática de esportes e trilhas em meio à vegetação de cerrado mineiro com todo aquele meio ambiente característico da Serra da Canastra, onde o município está inserido.

A forma mais prática para conhecer e desfrutar de toda essa beleza é fazer passeios a bordo de lanchas, escunas ou chalanas, que fazem paradas para banhos de cachoeira e atividades náuticas. Os passeios recebem nomes diferentes, de acordo com o propósito ou a atração principal. O foco do passeio Cânions de Capitólio, por exemplo, feito de barco, é a beleza de deslizar em meio aos enormes paredões, entrar por entre as fendas e ver surgir à frente cenários impressionantes de cachoeiras e de sucessivas quedas d’água.

barcos-capitolio

Dica: Procure conhecer todos os passeios disponíveis em Capitólio, conte com a assessoria da agência preferencial do Associado, entre em contato com a RDC Viagens.

Uma forma bem bacana de começar os passeios é com uma vista panorâmica da região de Capitólio. Para isso, suba até o ponto mais alto da cidade, o Morro do Chapéu. A 1.293 metros de altitude é possível avistar desde o Lago de Furnas até as cidades de Capitólio, Guapé, Alpinópolis e São José da Barra.

mirante-dos-canions

Dica: Como as principais atrações de Capitólio estão nos arredores da cidade, você pode preferir ir de carro ou alugar um para facilitar o acesso às atrações. Confira mais informações sobre aluguel de carro e conte com a flexibilidade do seu Plano de Férias.

Antes de partir para os passeios no Lago, reserve um tempo para curtir a cidade. Por exemplo, a Prainha de Capitólio, ou Praia Artificial Municipal Domingos Gonçalves Machado, com 25 mil metros quadrados banhados pelo Rio Piumhi. O local possui infraestrutura de palco para shows, quadras poliesportivas, bar, restaurante e um calçadão bastante frequentado no final do dia para caminhadas. Por ali encontram-se lojinhas de artesanato, os famosos alambiques de cachaça da roça e as pequenas queijarias artesanais.

Capitólio também tem história. A cidade começou a se formar no final do século 19, com a prática da agricultura e da pecuária por famílias e colonos que chegavam atraídos pela fertilidade da terra e pela ausência de índios na região. A Igreja Matriz de São Sebastião representa bem a participação e o poder dessas famílias. Ela foi construída em 1941 sobre a antiga capela de São Sebastião, erguida no final do século 19, pela família Messias Cunha em honra a São Sebastião, padroeiro da cidade.

igreja-matriz-se-sao-sebastiao

Outra marca histórica da cidade é o casarão de 1916, antiga residência do Capitão Antônio Bello, um dos mais prósperos comerciantes da região, que hoje abriga o Lar São Vicente de Paulo, sede da Sociedade São Vicente de Paulo (SSVP).

Siga então para o bairro Engenheiro José Mendes Júnior, mais conhecido por Balneário Escarpas do Lago, a apenas 7 km do centro de Capitólio, às margens do Lago de Furnas. Ele oferece infraestrutura de restaurantes, boates e bares. De lá saem barcos para navegar entre os cânions, fazer paradas para banhos de cacheira, andar de Jet ski, praticar Wake Board e outros esportes náuticos. Nos feriados de Semana Santa e de Carnaval o local atrai turistas para festas animadas embaladas por música sertaneja e axé.

Dica: O Balneário possui a maior marina fluvial da América Latina, um condomínio de alto padrão com mais de 800 casa e um clube com mais de quatrocentos associados. Mas é um bairro, portanto de acesso público.

Para uma vista privilegiada do Lago de Furnas e dos paredões ao seu redor, basta seguir pela rodovia MG-050 entre o km 312 e 313 e pegar 100 metros de uma trilha de terra que leva até o Mirante dos Cânions. Do outro lado da rodovia, em frente ao mirante, está o acesso à Cachoeira Diquadinha, uma cachoeira diferente pela cor alaranjada das suas águas que brotam da famosa rocha mineira São Tomé. Uma boa pedida para aproveitar a parada.

canion-furnas

Imperdível mesmo é o passeio a um dos cartões postais mais famosos de Capitólio e região – a Cachoeira do Lago Azul, com duas quedas d’água que formam uma deliciosa piscina natural de águas azuis turquesa. Para conhecer a cachoeira é cobrada uma taxa de preservação ambiental.

No desfile de cartões postais de Capitólio está também a Cachoeira da Cascatinha. O nome é referência às várias quedas d’água sobre degraus naturais de pedra mineira, que acabam em pequenos poços que lembram banheiras de hidromassagem.

cascatinha

Dica: É possível chegar até a “Cascatinha” nos passeios de chalana pelo Lago de Furnas, a partir do ancoradouro da Lagoa Azul, no km 311 da rodovia MG 050. Por terra: km 314,5 da rodovia MG 050, equidistante 42 km entre Passos e Capitólio, sentido Belo Horizonte. O Eco Parque é outra opção para chegar às Cascatinhas, mas de forma diferente, por meio de trilhas.

Para quem gosta de passar o dia em meio à natureza, o Eco Parque trata-se de um camping, com infraestrutura de lanchonete e banheiros, que oferece trilhas para acesso a um conjunto de quedas d’água, com vários pontos para banho. A sugestão é seguir a trilha, um pouco íngreme, por cima das cachoeiras, e voltar passando por baixo delas, se refrescando em banhos relaxantes. Todos os roteiros devem ser agendados e o ingresso é pago.

Dica: É permitido entrar com alimento. Recomenda-se levar água, usar repelente, tênis e protetor solar.
(Confira sempre as informações atualizadas)

Há mais para amantes de ecoturismo. Eles vão adorar fazer trilhas, mergulhar nos ribeirões, nas piscinas naturais, tomar banhos de cachoeira, deslizar na tirolesa, praticar rapel e até acampar no Paraíso Perdido. Trata-se daqueles monumentos naturais, de beleza cênica incomum, com cânions, 18 piscinas naturais e uma sequência de 8 quedas de águas cristalinas.

mirante-dos-canions-3

Dica: O local oferece Infraestrutura de bar/restaurante, banheiros e chuveiros. Antes de ir, siga as recomendações do site.

Se o seu próximo propósito de viagem envolve experiências de ecoturismo e paisagens espetaculares, inclua Capitólio no seu roteiro. Considere as opções de hospedagem nos hotéis parceiros em Capitólio e região. Conte com a assessoria da RDC Viagens, a agência preferencial dos Associados, para passeios, passagens aéreas e aluguel de carro.

Lucia

Qual pousada rdc tem convenio

16 de março de 2018 | Responder

Deixe um comentário