Carregando...
''
01-DestaqueDoisLadosCataratasIguacu

Conheça o melhor dos dois lados das Cataratas do Iguaçu

Aquela bem humorada disputa entre o Brasil e a Argentina sobre qual dos dois lados oferece a vista mais bonita das Cataratas é, literalmente, “pura cascata”. Nós explicamos: quem conferir de perto tanto as trilhas do lado brasileiro quanto as do lado argentino vai descobrir que ambas oferecem vistas únicas, belíssimas, e passeios diferentes tanto pelo Rio Iguaçu como entre a fauna e a flora da mata atlântica preservada.

07-Post-DoisLadosCataratasIguacu

Dica: O volume maior de água nas Cataratas ocorre entre os meses de outubro a março.  Portanto, é um bom período para admirá-las em toda a sua grandeza. Mas atenção, às vezes o volume de água é tão acima do normal, chega até 4 vezes mais, que alguns passeios são suspensos. Os conselheiros de plantão sugerem que se vá mais de uma vez, para curtir o melhor de cada um dos dois períodos.

Se puder escolher, procure agendar sua viagem para um período de lua cheia. É que ambos os parques promovem luaus que envolvem o charme da visita noturna das Cataratas com direito a vista da luz da lua sobre as quedas d’água.

11-Post-DoisLadosCataratasIguacu

.

Lado brasileiro

Os mirantes do Parque Nacional do Iguaçu são fantásticos, não só pela localização como também pela infraestrutura de apoio ao viajante.  Deques se projetam em direção aos saltos para novos ângulos e um contato mais próximo, tornando a experiência ainda mais emocionante. Restaurantes, lanchonetes, lojas de conveniências, dão o tom de urbanidade aos  passeios que vão ao encontro da Natureza.

13-Post-DoisLadosCataratasIguacu

Na Trilha das Cataratas, o Espaço Tarobá  é uma parada que oferece  uma visão privilegiada dos saltos e do curso do Rio Iguaçu. Ótimo momento para aproveitar a infraestrutura para repor as energias.

02-Post-espaco-taroba

Mais adiante, o  Espaço Naipi oferece dois mirantes: um deque que avança cerca de cinco metros sobre o Rio Iguaçu, e outra estrutura que abriga três plataformas de contemplação e dois elevadores panorâmicos que conduzem até a parte mais alta, de onde se tem uma visão mais ampla de todo o cânion das Cataratas e de vários saltos, inclusive da Garganta do Diabo.

01-Post-cataratas-do-iguacu-mirante-naipi-passarelas

Dica: É enriquecedor conhecer a Lenda das Cataratas para entender a razão de os espaços terem sido batizados com os nomes Tarobá e Naipi.

O parque ainda oferece três tipos de trilhas que levam para diferentes experiências dentro da mata do Parque Nacional do Iguaçu, uma das maiores reservas florestais da América do Sul com 252 mil hectares, divididos entre o Brasil e a Argentina.

14-Post-DoisLadosCataratasIguacu

A Trilha do Poço Preto, uma pequena viagem de 9 km pelo interior da floresta do Iguaçu, pode ser feita caminhando, pedalando ou de carona num carro elétrico. O percurso termina no Rio Iguaçu, a bordo de um barco a motor com retorno pelas corredeiras e passagem pela Ilha dos Papagaios.

16-Post-trilha-do-poao-preto

O circuito Macuco Safari começa com uma trilha pela mata atlântica, uma caminhada até a Cachoeira de Salto Macuco, e termina com uma aventura dentro de barcos infláveis pelo Rio Iguaçu para experimentar a sensação de um banho de cachoeira sob um dos saltos das Cataratas.

04-Post-macuco-safari

A Trilha das Bananeiras, com aproximadamente 1,5 k, pode ser feita a pé ou  em veículo elétrico pela Mata Atlântica, mesclada com navegação em barcos a motor pelo Rio Iguaçu até o cais do Poço Preto e parada no Arquipélago Ilha das Taquaras. O retorno pode ser feito remando caiaques infláveis.

17-Post-trilha-dos-bananais

Curiosidades: O parque abriga 257 espécies de borboletas, 18 de peixes, 12 de anfíbios, 41 de serpentes, 8 de lagartos, 340 de aves e 45 de mamíferos, além de espécies raras da fauna brasileira.

Para os passeios, vá com roupas confortáveis e calçados apropriados para caminhada. Nas trilhas que envolvem passeios de barco, lembre-se que irá se molhar, portanto, coloque na bolsa outra muda de roupa e uma toalha. Não deixe de passar protetor solar (sempre) e aplicar repelente de mosquitos se for alérgico a  picada de insetos.

Ao final da visita, não deixe de conhecer o Restaurante Porto Canoas e recarregar as energias.

05-Post-restaurante-porto-canoas

Dica: Na entrada do parque consta um “menu” com todos os tipos de trilhas e respectivos valores com visita guiada, para você escolher. Para planejar melhor, confira aqui o valor dos ingressos ao Parque Nacional.

Localização do Parque: Rodovia BR 469, KM 18, FOZ DO Iguaçu, PR.

.

Lado argentino

Dos 19  principais saltos das Cataratas , cinco estão no lado brasileiro (Floriano, Deodoro e Benjamin Constant, Santa Maria e União) e os demais estão no lado argentino, como o fantástico San Martin. A área das Cataratas do Parque Iguazú, na Argentina, possui 7.000 metros de passarelas suspensas e trilhas, além do Trem Ecológico da Selva, que possibilita que o viajante se desloque sem prejudicar o meio ambiente.

09-Post-DoisLadosCataratasIguacu

Comece a visita pelo Centro de Interpretação Natureza, que fica logo na entrada de acesso ao Parque. De forma lúdica, por meio de maquetes e gigantografias (fotografias superampliadas), o viajante tem uma ideia dos percursos para aproveitar melhor os passeios, especialmente as trilhas, pois não exigem o acompanhamento de guias.

19-Post-DoisLadosCataratasIguacu

O primeiro percurso é o que leva à Garganta do Diabo, a vista mais esperada e mais extasiante, que deixa você a poucos centímetros da queda d’água mais importante e caudalosa das 230 possíveis de se observar na área. A Garganta do Diabo é vista de cima para baixo, dando uma visão extraordinária da queda de 80 metros. Essa trilha, de  2,5 km, compreende um percurso no Trem Ecológico de Selva e uma caminhado de 1 km em uma ponte sobre o Rio Iguaçu.

08-Post-DoisLadosCataratasIguacu

Retornando à Estação Cataratas, ocorre o acesso à segunda trilha, o Circuito Superior, de 650 metros, feita na passarela superior para uma visão panorâmica do turbilhão de águas a partir do início de suas quedas. Diferentes pontos de acesso permitem fotos de cima para baixo das Cataratas, com resultados surpreendentes da paisagem.

A terceira trilha ocorre na sequência, passando pela passarela inferior, onde as águas atingem o solo novamente. O Circuito Inferior tem 1600 metros de extensão, passa por dentro da mata e mostra pequenas cachoeiras até um conjunto de quedas  cada vez mais próximas. Como esta passarela é circular as Cataratas se apresentam em várias  “poses”, de frente, de lado, transversais, até que chegar a um ponto em que praticamente ficamos debaixo delas.

06-Post-Rio_Iguacu

Dependendo do volume do Rio Iguaçu, nesta passarela há embarque gratuito rumo à Ilha de San Martin, para vistas em três mirantes e uma praia na costa, onde é possível banhar-se.

O barco é fornecido pelo próprio Parque Iguazú. O percurso até a “praia” leva apenas  5 minutos. Para ter acesso aos mirantes é preciso disposição para uma hora de caminhada, subindo cerca 200 degraus, para chegar ao topo da ilha onde é possível ficar pertinho de várias quedas e do arco íris. A vista é inesquecível.

Dicas: O último barco para atravessar o Rio Iguaçu em direção à Ilha San Martin é em torno das 15h. Se o nível da água estiver alto, o passeio é cancelado. O pagamento do ingresso é feito em espécie e somente em peso argentino.

Cartões de crédito e débito são aceitos no interior do Parque Nacional Iguazú, mas não serve para o pagamento do ticket de acesso nem do estacionamento. Saiba mais sobre as condições para ingresso e valor aqui .

18-Post-DoisLadosCataratasIguacu

.

Dica: Clique aqui e conheça o paraíso da tríplice fronteira: compras, gastronomia e diversão.

.

Gostou do roteiro? Confira as opções de hospedagem nos hotéis parceiros da RDC em Foz do Iguaçu. Para realizar sua reserva, entre em contato com a nossa Central de Reservas pelo telefone (11) 2172-0250/4096-0250, de Segunda a Sexta-feira, das 8h às 20h30, ou pelas opções disponíveis na área restrita do associado em nosso site.

Você também pode contar com os serviços agência RDC Viagens para compra de passagens aéreas, receptivos, aluguel de automóvel, sugestão de roteiros etc. Entre em contato com a RDC Viagens pelo e-mail agencia@rdcviagens.com.br ou pelo telefone (11) 2172-0270, de Segunda a Sexta-feira, das 9h às 19h.

Deixe um comentário