Carregando...
''
00-CAPA-Fortes

Fortes brasileiros candidatos a Patrimônio Mundial pela UNESCO

Seja pela beleza arquitetônica, pelo tipo de construção, pela importância histórica, o fato é que os fortes e fortalezas do Brasil estão, cada vez mais, no roteiro de viagem de brasileiros e de turistas de outros países. Basta considerar as vistas espetaculares proporcionadas pela localização privilegiada dos fortes, que a simples visita já vale a viagem. No entanto, o eventual título de Patrimônio Mundial pela UNESCO para os fortes brasileiros contribuirá para incrementar a visitação, a divulgação e a conservação das construções.

05-INTERNA-FORTE_PRINCIPE_DA_BEIRA

Ainda há muito trabalho a fazer até a entrega do documento à UNESCO prevista para 2019, mas a lista dos fortes já está pronta: são 19 fortificações edificadas desde a época do Brasil Colonial, nas cinco regiões do Brasil, distribuídas em dez estados brasileiros. Todas são cartão postal de suas cidades.

Região Norte

02-INTERNA-FORTALEZA-DE-S-JOSÉ-AP

São duas construções do século 18 presentes na lista- a Fortaleza de São José, em Macapá, no Amapá, localizada na margem esquerda do rio amazonas, construída para defender a Amazônia, e o Forte de Príncipe da Beira, em Costa Marques, em Rondônia, situado na margem direita do Rio Guaporé, na fronteira com a Bolívia.

Nordeste

04-INTERNA-FORTE-SÃO-DIOGO

Dos dez fortes do Nordeste que fazem parte da lista, 5 deles estão na cidade de Salvador, na Bahia: Forte de Santo Antônio da Barra, Forte São Diogo, Forte São Marcelo, Forte de Santa Maria e Forte de N. S. de Mont Serrat.

Três estão no estado de Pernambuco. Um em Itamaracá – Forte de Santa Cruz (Forte Orange), e dois no Recife, Forte São Tiago das Cinco Pontas e Forte São João Batista do Brum – obra iniciada em 1620 pelos portugueses, conquistada e concluída pelos holandeses em 1630 e reconquistada em 1654 pelos portugueses e reconstruída. E os outros dois, Fortaleza dos Reis Magos, em Natal, Rio Grande do Norte e Forte de Santa Catarina, em Cabedelo, na Paraíba, completam a lista do Nordeste.

Centro Oeste

01-INTERNA-fortaleza-coimbra

Em meio às paisagens do Pantanal, o Forte Coimbra, localizado em Corumbá, no Mato Grosso do Sul, foi a primeira fortificação erguida a partir de 1775 a mando da Coroa Portuguesa em pontos do rio Paraguai para proteger a região dos espanhóis. Foi também fundamental durante a Guerra do Paraguai.

Sudeste

Dois fortes no Rio de Janeiro, que guardaram a cidade das invasões francesas no período colonial, estão na lista: a Fortaleza de Santa Cruz da Barra, em Niterói, e a Fortaleza de São João, ou Forte São João, erguida por Estácio de Sá, fundador da cidade do Rio de Janeiro, em 1565, estrategicamente localizado na “entrada” da baía da Guanabara, no Morro Cara de Cão, no bairro da Urca.

06-INTERNA-SÃO-JOAO-BERTIOGA

No litoral paulista está o forte mais antigo do Brasil, São João de Bertioga, ou Forte São Tiago, construído a pedido de Martin Afonso de Souza em 1532, como fortim, às margens do Canal de Bertioga, em frente à Ilha de Santo Amaro. Foi reconstruído ao final do século XVII e concluído em 1710. O outro forte fica na Ilha de Santo Amaro, é a Fortaleza de Santo Amaro da Barra Grande, em Guarujá, erguido em 1584, para impedir que piratas continuassem a invadir e saquear Santos e São Vicente. Dele se avista o entra e sai do Porto de Santos.

Sul
Para fechar, o litoral de Santa Catarina guarda duas fortalezas candidatas a figurar na lista de patrimônio mundial pela UNESCO: a Fortaleza de Santa Cruz de Anhantomirim, construída pelos portugueses, a partir de 1739, na Ilha de Anhatomirim, em Governador Celso Ramos, como vértice principal de um antigo triângulo defensivo – um sistema de proteção da Ilha de Santa Catarina composto por mais 3 fortes, dentre eles o Forte de Santo Antônio de Ratones, em Florianópolis, localizado na entrada norte da Ilha.

03-INTERNA-forte-de-sto-antonio-ratones

Um roteiro temático de visitas aos fortes brasileiros é um ótimo propósito de viagem e pode propiciar experiências únicas, viajando no tempo, conferindo as paisagens e cenários transformados pelo tempo. Considere a flexibilidade do seu Plano de Férias e as opções de hospedagens dos hotéis parceiros nesses estados. Não se esqueça que na Central de Reservas é possível converte diárias do seu Plano de Férias para alugar um carro e explorar ainda mais as belezas dessas regiões. E conte com os serviços turísticos da RDC Viagens, a agência preferencial do Associado, para passagens de avião, traslado, passeios entre outros.

Deixe um comentário