Carregando...

Onde comer – bem – em São Paulo

Comer é uma necessidade básica humana, assim como viajar. Juntando esses dois verbos, tem-se um belo roteiro e uma bela desculpa para descobrir cantinhos que trazem um bom prato e descobertas gustativas surpreendentes. Preparem-se para conhecer o que a cidade de São Paulo tem de mais saboroso e ícone no quesito gastronomia neste texto.

A São Paulo em vários pratos

São Paulo é uma megalópole com mais de 11 milhões de habitantes de vários cantos do planeta que encontraram um lar e um destino na capital. São 462 anos, 1,521 quilômetros quadrados e 46 mil vias que compõem um pouco da história da cidade. São Paulo corre como uma locomotiva que nunca é conduzida, mas conduz sempre mirando para o futuro, como a Paulicéia do Mario de Andrade. É a Estação da Sé cheia de pernas coloridas que garantem que o café com pão, bolacha não permaneça no movimento constante. É o encontro de gerações, de culturas e de vidas.  É o sentimento de pertencimento que bate no peito de quem cruza a Avenida Ipiranga com a São João e se vê parte da sua tradução. Que vai além do trem das onze, do “mano do céu”, dos seus sabores e pratos diferentes.

Falar de comida é falar de quem é e de onde veio. Falar desses aspectos em São Paulo é se abrir para o mundo, afinal das contas tem um pedaço de vários lugares em apenas um. A culinária é um veículo de expressão e identidade, e para conhecer um lugar, é preciso entender seus gostos. E como a cidade de São Paulo aglomera muitas partes de um todo, tem-se um verdadeiro banquete. A começar pelo prato do dia.

O prato do dia em São Paulo

Em São Paulo, todo dia da semana tem um prato, que você tem a certeza que irá encontrá-lo pontualmente pelos inúmeros restaurantes da cidade. É um costume antigo, que garante um vínculo para quem tem que comer fora de casa, dando uma constância, e, principalmente, uma certeza que em todas às quartas-feiras sempre haverá um prato de feijoada à mesa.

Às segundas, o reforço do virado à paulista cai bem para começar a semana com a sustância necessária. Já nas terças, dobradinha para quem aprecia essa iguaria, seguida da quarta-feira e a sua feijoada de lei. Nas quintas-feiras tem sabor italiano com as massas, e nas sextas, lembrando da tradição dos portugueses e a semana santa, peixe. Sábado é dia de feijoada de novo, e aos domingo, claro que teria que ser de pizza.

Anote aí, os melhores PF’s para se esbanjar diariamente:

Segunda-feira – Virado à paulista

Bar Guanabara – Av. São João, 128 – Centro

DICA: No Bar Guanabara você poderá comer um virado no mesmo ambiente que Santos Dummont também frequentou. Não é para qualquer um, enh!

Sujinho – Rua Maceió, 64 – Consolação

ATENÇÃO: O nome assusta, mas a comida é uma das melhores. Atente-se ao pagamento: aceitam apenas dinheiro.

Terça-feira – Dobradinha

Bar da Dona Onça  – Av. Ipiranga, 200, Ed. Copan, lj. 27 e 29

DICA: O Bar da Dona Onça fica no Copan, um prédio impossível de não ser reconhecido e que possui 1160 apartamentos. Sobre o bar: decoração de onça e cardápio recheado de iguarias que dificilmente seria encontrado em qualquer restaurante mais sofisticado. A prova que o tradicional cai bem sim no prato.

PASV Restaurante e Churrascaria – Avenida São João, 1145

DICA: Embora ofereça os tradicionais PF’s rotineiros, é um lugar para quem ama tortillas e polvo a la feira. Comida espanhola, ¡dale!

Quarta-feira e sábado – Feijoada

Bolinha –  Av. Cidade Jardim, 53, Jd. Europa

DICA: Se quiser comer feijoada de terça a domingo, no Bolinha você encontrará!

Restaurante Ita – Rua do Boticário, 31 – Largo do Paysandu

DICA: Peça sem hesitação o pudim especialidade da casa, não vai se arrepender.

A Casa do Porco Bar – Rua Araújo, 124 – Centro

DICA: Vá o mais cedo possível para evitar as filas, entre às 11h30min e 11h40min.

Quinta-feira – Massas

Giba’s Bar – Rua Visconde de Laguna, 139 – Mooca

DICA: Dobradinha de passeio: ir a um jogo do Juventus e passar no Giba’s Bar.

Speranza –  R. 13 de Maio, 1.004 – Bela Vista

Sexta-feira – Peixe

Amadeus – R. Haddock Lobo, 807 –  Jd. Paulista

DICA: Para quem procura um bom lugar para o almoço da Sexta-feira Santa ou de Páscoa, o Amadeus é o seu lugar.

Estadão Lanches – Viaduto Nove de Julho, 193 – Centro

DICA: A partir das 18 horas da quinta-feira, o prato de peixe à dorê ao molho de ervas servido com arroz e purê é o grande anfitrião do Estadão Lanche, deixando o cargo às 14 horas da sexta-feira.

Domingo – Pizza

1900 – Rua Estado de Israel, 240 – Vila Mariana

Carlos Pizza – Rua Harmonia, 501 –  Sumarezinho

DICA: As pizzas são individuais com quatro pedaços. Para diversificar os sabores, troque as fatias com os demais da mesa.

Como você pôde perceber, opções gastronômicas para seu dia a dia não faltam em São Paulo. Aliás, uma das coisas que a cidade faz de melhor, é oferecer muitas variedades de cheiro, sabores e cores. Come-se bem em São Paulo e já está permitido ficar com água na boca.

Agora, que tal fazer um tour de experiências gastronômicas em Sampa? Preparados? Confira o texto Roteiro de experiências gastronômicas em São Paulo.

Deixe um comentário