Carregando...
''
GRANDE01-DestaqueCamacari

Os sete paraísos de Camaçari

A apenas 50 quilômetros de Salvador, Camaçari integra, turisticamente, a exuberante região da Costa dos Coqueiros que compreende todo o litoral norte da Bahia. Apesar de ficar conhecida economicamente por abrigar o Polo Industrial de Camaçari, a atração maior da cidade são os seus 42 quilômetros de praias cercadas de natureza exuberante: dunas, manguezais, restingas, rios, lagoas, praias semidesertas, mar de águas calmas e quentes, recifes, piscinas naturais, além de áreas de proteção ambiental como o Parque das Dunas de Abrantes e o Parque Garcia D’Ávila, além do Projeto Tamar, de preservação de tartarugas marinhas.

06-Post-parque-das-dunas

São tantas as belezas, que Camaçari foi dividida em paraísos. São sete: Busca Vida, Jauá, Arembepe, Barra do Jacuípe, Guarajuba, Itacimirim e Abrantes, um paraíso histórico que deu origem à Camaçari. A vila, de 1558, foi uma das quatro povoações fundadas pelos jesuítas no Brasil e a Igreja do Divino Espírito Santo, reconstruída no século 17, marca esse período colonial. O Parque das Dunas de Abrantes, que no local chegam a 48 metros de altura, e as praias de Busca Vida e Jauá marcam o cenário de natureza de Abrantes. Para conferir a paisagem, vá ao Mirante do Cruzeiro, no bairro Fonte da Caixa.

Busca Vida tem nove quilômetros de praia quase deserta. É a primeira praia da Costa dos Coqueiros, sentido norte. Ela pode ser explorada a pé, caminhando, ou pedalando uma bike. Ela pertence a uma APA – Área de Proteção Ambiental, a Joanes/Ipitanga. Seu cenário conta com a Lagoa Busca Vida; o importantíssimo rio Joanes, que pode ser explorado em passeios de barco e as paisagens da Costa: mangues preservados, coqueirais, mar azul-esverdeado, areia dourada, piscinas naturais.

05-Post-praia-busca-vida

O cenário do paraíso de Jauá, antiga vila de pescadores, envolve lagoas, dunas, coqueiral e uma barreira de recifes naturais que atinge um trecho de praia no centro urbano.  Nesse trecho, na maré baixa, formam-se piscinas naturais. Por toda a orla marítima de Jauá se estende um calçadão, onde barracas de praia, restaurantes e hotéis compõem a infraestrutura do lugar.

01-Post-praia-jaua

Curta Arembepe como antiga vila de pescadores e com todo o charme dos anos 60, como a mais famosa Aldeia Hippie do Brasil, com casas de palha, vida comunitária e artesanato.  Arembepe também é perfeita para praticar esportes aquáticos e ecoturismo. Numa orla de sete quilômetros, desfilam cinco praias estonteantes de águas calmas e mornas, ideais para surfe, kitesurf, windsurfe e mergulho, na maré baixa, quando se formam piscinas naturais. Grandes números de tartarugas desovam nessa praia, razão da instalação de uma unidade do Projeto Tamar.

04-Post-praia-de-arembepe

No quilômetro 43 da Estrada do coco, o point da região, Guarajuba. A antiga vila de pescadores é hoje uma invejável área urbanizada, com vários condomínios e ruas arborizadas A infraestrutura da sua orla envolve calçadão com ciclovia em toda extensão, barracas de praia, restaurantes, sorveterias, shopping, lanchonetes e outras conveniências. Guarajuba é famosa pelas lagoas que fazem parte do seu cenário e são preservadas por uma APA – Área de Proteção Ambiental Lagoas de Guarajuba. Ao longo do seu litoral, duas praias de mar de águas calmas e transparentes, e arrecifes que ajudam a formação de piscinas naturais.

03-Post-praia-guarajuba

Barra do Jacuípe é marcada pelo encontro do rio Jacuípe com o mar. Um cenário descoberto pelos viajantes a partir de 1970, completado por coqueirais, dunas, recifes e mar com trechos com ondas fortes. Localizada a apenas 10 quilômetros ao sul de Guarajuba, a praia é excelente para a pesca e a prática de esportes náuticos. Na praia são alugados caiaques para passeios nas águas do rio Jacuípe ou no mar.

08-Post-barra-do-jacuipe

Itacimirim é a última praia da Estrada do Coco e uma das mais belas por resumir todo o espetáculo de Camaçari. Itacimirim é frequentada por famílias e jovens e oferece infraestrutura de bares e restaurantes. Seu cenário inclui o encontro do rio Pojuca com o Oceano Atlântico, na Praia da Foz do Rio Pojuca. Piscinas naturais na Praia da Espera, com coqueirais e amendoeiras, perfeita também para a prática de surf, canoagem e windsurf. Paisagem de manguezal, rio, mar, tendo ao fundo o fantástico Castelo Garcia D’Ávila, localizado a seis quilômetros, na Praia do Forte.

02-Post-praia-itacimirim

Elencamos um oitavo paraíso de Camaçari, inserido na vegetação de Mata Atlântica, a Cachoeira do Rio Pojuca. Localizada no interior da Reserva Florestal da Sapiranga, garante um banho de hidromassagem natural nas águas do Pojuca, que também oferece as águas das suas corredeiras para os mais radicais praticarem boia cross.

07-Post-moqueca-de-siri-camarao

Deixe sua viagem à Camaçari mais saborosa, provando as delícias baianas que estão nos restaurantes da Estrada do Coco e pelas praias à disposição de quem mora ou visita a cidade. Não deixe de provar as famosas  moquecas e suas variações. Moqueca de siri com camarão, de siri mole, de frutos do mar, de marisco, de peixe com pirão e outras tantas que inventam por lá, tudo a toque de muita pimenta, cor e sabor.

Escolha uma forma diferente de conhecer as belezas naturais da Bahia, seguindo a rota da Costa dos Coqueiros. Conte com as opções de hospedagem de parceiros RDC em Camaçari e região. Entre em contato com a nossa Central de Reservas.

Imagem capa (via)

Deixe um comentário