Carregando...
''

Poços de Caldas para várias viagens

São 275 km que separam São Paulo de Poços de Caldas ou 480 km do Rio de Janeiro até a cidade mineira. Quem sai da capital paulista quer desacelerar e aproveitar o verde da cidade para recarregar a bateria. Quem sai do Rio de Janeiro quer sentir um alívio no calor à base de fondue e chocolate quente. Embora os viajantes fictícios tenham objetivos diferentes, uma coisa é em comum: curtir o destino.

Para quem acredita que Poços de Caldas é um lugar para pombinhos apaixonados, acertou em partes. Ela é praticamente uma receita pronta de fim de semana romântico: serra, temperatura amena e chalezinhos charmosos. Basta acrescentar água, agitar e está pronta a sua viagem. Porém, essa pacata cidade tem mais a oferecer e se tornar um delicioso banquete que não deixará nenhum destemido viajante cair no tédio. Não senhor!

O passado glamouroso ainda persiste em seu solo, como o Thermas Antônio Carlos com suas colunas e vitrais ou Hotel Palace e seu esplendor que remete à década de 20 e à lembrança de personagens ilustres que iam gastar alguns mil réis e festejar a vida boa. Aliás, era uma época em que cassinos eram moda e liberados. Mas como diz o ditado: vão-se os cassinos e ficam os hotéis, Poços de Caldas agrega estabelecimentos dignos de filmes para ninguém botar defeito. Claro que tem para todos os gostos, afinal das contas são cerca de 50 hotéis e pousadas com capacidade de 8 mil leitos.

Outra condição pertinente para escolher Poços como destino é a gastronomia. Parece que é consenso de todas as cidades mineiras serem boas de prato e aqui não seria diferente. Um passeio pelo Mercado Municipal já dá água na boca com aqueles doces de compota e cristalizados que são imperdíveis.

O turismo tem dessas, adora uma diversidade. Um lugar pode ser símbolo de alguma coisa, como Poços é para fim de semana romântico, porém a realidade é outra e muito mais interessante. São idosos, famílias e até mesmo esportistas que desembarcam nessa viagem e voltam totalmente satisfeitos com que viu, viveu e venceu. Vencer sim a imagem que a cidade não tem o que fazer.

Para quem gosta de águas termais

Água, água, água. Principalmente aquelas que curam e relaxam. Olhar para traz é perceber as evoluções que estão a nossa volta. Há muito, muito tempo, a cidade era um vulcão. Graças a esse detalhe, brota do chão águas sulfurosas, radioativas, alcalinas e minerais como memória do interior da terra. Agora o vulcão descansa em paz, dando espaço para todo verde e lugares ótimos para dar aquela diminuída no ritmo.

De fato, um dos principais atrativos de Poços da Caldas é a vocação para termas que nasceu junto da cidade pelos idos de 1800. As águas milagrosas eram uma alternativa, ou naquele tempo poderia ser a única possibilidade, para sarar males. Com o andar da modernidade e os avanços da medicina, o reduto terapêutico foi caindo em desuso. Mas teve seu tempo de glória, recebendo de imperadores a presidentes.

A cidade viu o grito da independência, as repúblicas até a democracia. Hoje o povo escolhe seu representante nas urnas, e com certeza escolhe Poços como um destino.

Dica: Descubra passeios em meio à natureza e terapias termais em Poços de Caldas clicando aqui.

 

 

São inúmeras fontes espalhadas pela cidade em que cada uma é indicada para um fim. Tem fontanário de todo tipo de água, com diferentes temperaturas e indicações e contraindicações. Tem a fonte no jardim Dr. Elisário Junqueira, a Pedro Botelho, a Monjolinho, a Sinhazinha, as Chiquinha e Mariquinha, dos Amores, a Santana, Vila Cruz e Martinico Prado.

Há diversos serviços oferecidos em hotéis e balneários, desde banhos termais, limpeza de pele, escalda-pés, sauna e massagens. Um dia de realeza para cuidar de si mesmo em uma das cidades a integrar a rota termal mundial fora da Europa.

Para quem vai viajar com a família

Viajar com a família completa é uma missão e tanto. Como agradar a todos? Poços de Caldas responde essa indagação, com alternativas à altura. Os resorts são uma boa opção para unir toda a família com a infraestrutura que agrada tanto gregos, como troianos. Ainda mais se o viajante não é do tipo que curte surpresas na hora de fechar a conta. Com o regime all inclusive e open bar, recreações para animar a criançada e a santa paz que os pais precisam, esse tipo de estabelecimento pode ser o ideal, ainda mais quando se tem um parque temático a poucos passos.

Inspirado pela terra do Mickey Mouse, o Parque Walter World tem a magia necessária para encantar e entreter – seja os pequenos como os grandes. São brinquedos infantis, radicais e – claro – aquáticos. O parque, com 150 mil metros quadrados, é acessível para quem se hospeda no Thermas Resort Walter World, hotel do complexo, porém quem quer passar o dia por ele, mesmo estando em outro lugar, também pode.

Dica: O Thermas Resort Walter World oferece atividades recreativas, SPA, complexo aquático, all inclusive, open bar e um parque temático. Como parte de um projeto audacioso, o Thermas Resort está dentro do Parque Temático Walter World, o que torna a hospedagem ainda mais divertida, especialmente para as crianças. Não deixe de aproveitar a parceria do seu Clube de Férias com o parque aquático.

 

E por falar em aquático, o Vilage Inn Hotel dispõe de um complexo com 5 piscinas naturais, uma coberta e outra aquecida, além de um toboágua de 75 metros, cascata e sauna úmida. Sem contar a infraestrutura com playground, espaço fitness e quadras poliesportivas. Mais outra opção que dá espaço para gastar e energia ou simplesmente relaxar.

Dica: Confira em nosso site os hotéis parceiros na região e suas condições para que você possa curtir de pertinho o que Poços de Caldas têm a oferecer.

Para quem quer um momento a dois

Pombinhos de todo Brasil vão a Poços de Caldas para curtir um momento a dois. Dizem que o amor está no ar  e que é fácil se inebriar com essa atmosfera, afinal, a cidade oferece um friozinho confortável para ficar mais juntinho, andar de mãos dadas pelos jardins da cidade, tirar uma selfie junto do relógio de flores, passear de teleférico e contemplar as montanhas de fundo. Uma boa taça de vinho completa o cenário.

Como o amor não tem gênero, a cidade também é receptiva ao público GLBT, enquadrando dentro do plano de turismo nacional de formar cidades com o selo Gay Friendly.

Para quem gosta mesmo de aventura

A natureza é por si só um grande atrativo das montanhas de Poços de Caldas, além das suas cachoeiras. Um destino que recebe, em sua grande maioria, idosos e casais apaixonados tem o seu lado B. Para quem gosta de se aventurar por aí, Poços possui um portfólio interessante para práticas de esportes radicais.

Quem vai a Poços não pode deixar de visitar o famoso Cristo Redentor no alto da Serra de São Domingos. Ele está ali de braços abertos, pronto para abençoar ou zelar pelas almas corajosas que alçam voo. Em meio ao “Mar de Minas”, a rampa de voo livre é uma alternativa para a prática de paraglider com instrutor.

Para quem gosta de pés no chão, um conjunto de pedras enormes reserva uma experiência em especial: a Pedra do Balão. É um lugar que atrai uma espécie de good vibes, perfeito para meditar e praticar yoga com o barulho do vento de fundo.

Dica: Conte com a Central de Reservas para utilizar suas diárias e conheça Poços de Caldas!

Andando mais um pouco, é possível encontrar a Pedra do Dedo e a possibilidade de praticar tirolesa. Quer sentir as emoções a flor da pele, experimente trekking, rapel ou arvorismo.

A Represa Bortolan é uma opção para a prática de jet-ski, passeios de escuna, pedalinho e até mesmo esportes náuticos e pesca, os quais podem ser alugados ou contratados nos hotéis às margens do local.

Poços de Caldas não oferece apenas uma viagem como várias, cada uma tem um jeito diferente que promete surpreender quem por ali passa.

Para mais informações, entre com contato com nossa Central de Reservas. Nosso atendimento acontece de 2ª a 6ª, das 8h às 20h30, nos telefones (11) 4096-0250 | 2172-0250. Acesse o nosso site, confira os hotéis parceiro na região e programe sua próxima viagem para Poços de Caldas.

Deixe um comentário