Carregando...

Praia da Pipa, entre golfinhos, tartarugas marinhas e gente do mundo inteiro!

Sim, existe aqui um lugar que é morada de golfinhos e de pessoas de várias partes do mundo. Berçário de tartarugas marinhas e santuário da Mata Atlântica, onde mirantes verdes descortinam dunas, falésias vermelhas que abraçam o mar e uma orla de praia que caprichosamente desenha as formas de um coração.

A harmonia faz parte deste cenário de 300 dias de sol e mar azul turquesa de Pipa, distrito de Tibau do Sul. Está localizada no litoral sul do Rio Grande do Norte, a 85 quilômetros de Natal , no maior santuário ecológico do Estado do Rio Grande do Norte . Pipa é destino turístico e de vida.  Além da sua biodiversidade , Pipa é conhecida como a mais cosmopolita das praias brasileiras, com visitantes de todas as partes do mundo e moradores que escolheram este paraíso como destino para viver.

02-Post-praia-do-amor-(2)

Comece vendo tudo de cima. E não é preciso alugar avião, nem se aventurar em parapentes ou asas delta.  Basta escolher uma das doze trilhas curtas, de 90 até 600 metros, do Santuário Ecológico de Pipa, caminhar entre sons da fauna , da flora e do mar ,aproveitar as janelas que descortinam vistas surpreendentes durante as trilhas e seguir rumo aos mirantes que espetacularmente se abrem ao final dos percursos: Mirante das Tartarugas, Mirante dos Golfinhos e Mirante da Prainha.  As fotos ficam incríveis.

05-Post-santuario-ecologico

Outra forma de conhecer Pipa e dar “uma geral” no cenário sob o ponto de vista do mar, fazendo passeios de barcos que levam o melhores vistas dos 10 quilômetros de orla de praias as praias, especialmente para observar golfinhos de perto e fazer mergulhos.

De outubro a maio é o período de reprodução das Tartarugas Pente, que chegam à Pipa para por seus ovos. 
De janeiro a junho, o projeto Tamar coordena a visita noturna à praia para acompanhar a abertura dos ninhos.
Um espetáculo inesquecível.

A praia do Centro é a mais próxima da vila, a mais agitada , a preferida dos habitantes locais e a mais frequentada do litoral sul do Rio Grande do Norte.  Oferece uma ampla visão das praias da região, com seus recortes, falésias e bolsões de Mata Atlântica. Na maré baixa formam-se piscinas naturais onde as crianças podem se divertir em segurança. Além da infraestrutura de barzinhos e quiosques, também é ponto de partida para várias opções de passeios como os de escuna e de lancha. Da praia do Centro é possível acessar mais facilmente a Baía dos Golfinhos .

01-Post-baia-dos-golfinhos

A Baía dos Golfinhos, ou praia do Curral, é acessível apenas pelas praias do Centro e do Madeiro na maré baixa.  E vale pelo espetáculo. Promove um encontro inesquecível entre os viajantes e os alegres mamíferos aquáticos que nadam e fazem acrobacias nas águas calmas da baía. Dividem espaço com caiaques, pranchas e famílias inteiras de banhistas . E dá para curtir ainda mais o marzão, aproveitando as aulas de SUP e de surf nas escolinhas que ficam por lá e ainda fazer bonito na praia do Madeiro onde, além de golfinhos também se pode observar atletas e iniciantes de SUP , aquele esporte de prancha com remo.

04-Post-praia-do-madeiro

Apesar do nome, ou por causa dele, a praia do Amor tem o mar mais agitado – um convite para a prática de esportes aquáticos, especialmente para os surfistas, os primeiros a descobrir o local. O acesso pode ser feito pela Praia do Centro ou descendo os degraus esculpidos no Chapadão, conjunto de falésias avermelhadas que envolvem o local. Aproveite os 50 metros de altura do Chapadão para uma vista estonteante da praia e do coração da sua orla, além de um dos mais lindos pores de sol de Pipa.

03-Post-praia-do-amor

Para ver e ser visto, a avenida Baía dos Golfinhos é o ponto de encontro de Pipa para caminhar sobre as ruas de paralelepípedos, fazer comprinhas nas lojinhas, conhecer restaurantes e bares.

Se a sua próxima experiência de viagem é vivenciar o paraíso de Pipa em Tibau do Sul, confira as opções de hospedagem dos hotéis parceiros RDC na região. Consulte a nossa Central de Viagens.

Deixe um comentário