Carregando...
''
img-Capa

Roteiro sobre rodas: Recife/Olinda e arredores

Pernambuco é uma terra rica em sabores, belas praias e história. A geografia do estado oferece de “beira-mar” a “sertão”. Organizamos nesse post um roteiro diversificado para conhecer a região de carro.  Nosso ponto de partida é o Aeroporto de Recife, cidade que sugerimos como pouso. Confira os hotéis parceiros da RDC Férias em nosso site.

DICA RDC: Para alugar um carro, o Associado RDC Férias conta com o atendimento da RDC Viagens, agência de viagens do associado. Na agência é possível alugar o carro com pagamento direto ou trocando parte de suas diárias pelo serviço. Confira as opções na Central de Atendimento, de Segunda a Sexta-feira, das 9h às 19h, pelo telefone (11) 2172-0270 ou pelo e-mail agencia@rdcviagens.com.br.

> Começando por Recife: a cidade oferece um rico patrimônio histórico e gastronômico. Conheça o centro histórico, dê uma volta pelas ruas de paralelepípedo, como a Rua do Bom Jesus. O Santander Cultural e o Centro Cultural dos Correios trazem, com frequência, mostras temporárias de artistas nacionais e internacionais. Ainda na praça do marco zero, você pode visitar o Centro de Artesanato de Pernambuco. Com 2. 511 mil m², o Cape recifense (há uma outra sede no município de Bezerros, Agreste do estado) recebeu R$ 6,5 milhões de investimentos para expor trabalhos de cerca de 350 artesãos locais. Entre os destaques, peças dos célebres Manoel Eudócio e Ana das Carrancas, além de outros trabalhos em madeira, fibra, couro, renda, palha… É sua chance de conhecer (e comprar) o melhor do artesanato pernambucano.

Recife-ruas

No centro do Recife, o Mercado de São José (Praça Dom Vital, s/n, São José; fone: (81) 3355-3399), inaugurado em 1875, é uma das primeiras construções do Brasil que possui toda a sua estrutura em ferro. Carro-chefe dos mercados, ele oferece ao turista peças em barro, madeira, palha e fibra, além de iguarias gastronômicas.

Em uma esticadinha próxima está a Casa da Cultura, antiga casa de detenção que, desde 1975, funciona como centro comercial. Os boxes de artesanato, inclusive, estão instalados dentro das celas dos presidiários. Na região funciona o mais antigo restaurante em atividade do Brasil, o Leite. Fundado em 1882, o estabelecimento já serviu Assis Chateaubriand, Juscelino Kubitschek, João Goulart, Carlos Pena Filho, João Câmara, entre outros nomes importantes da política e cultura nacionais.

Recife-Centro

Indo para a orla, a praia de Boa Viagem é a principal da cidade do Recife e possui cerca de 7 km de extensão. Com quiosques revitalizados, calçadão e ciclovia, você pode petiscar, fazer uma caminhada ou andar de bicicleta. Fique atento às placas que sinalizam as áreas indicadas para banho, há risco de ataque de tubarão. O aviso é sério!

Não deixe a cidade sem conhecer o Instituto Ricardo Brennand e a Oficina Francisco Brennand. Falamos dos primos recifenses na revista Ferias&Lazer, edição 48. Confira clicando aqui.

Muralha-Mãe-Terra

Partindo para Olinda, a 6 km de distância, o centro histórico da cidade é o segundo do Brasil tombado como Patrimônio da Humanidade pela Unesco (o primeiro é Ouro Preto – MG). Andando pelas ruazinhas, igrejas e antigas construções é possível imaginas a vida na região nos primeiros anos de colonização portuguesa e invasão dos Holandeses. Visite o museu do Mamulengo, a Embaixada dos Bonecos Gigantes e experimente o coco amarelo, típico da região e que dizem ser bom para digestão.

Porto de Galinhas, eleito o melhor destino de praias do Brasil por dez anos consecutivos pelos leitores da revista “Viagem e Turismo” e sempre presente nas listas das praias mais bonitas do país, está a pouco mais de 50km de Recife. Lá, o visitante encontra belas praias, piscinas naturais, passeios de bugue, jangada, mergulho, bela gastronomia e artesanato local.

Porto-de-Galinhas

Praia dos Carneiros, considerada uma das mais belas do Nordeste, oferece aos seus visitantes areia branca, coqueirais, águas esverdeadas, mar calmo, piscinas naturais, passeios de catamarã e prática de esportes náuticos. Possui um ponto de apoio com ducha e restaurantes.

Cabo de Santo Agostinho, localizado no litoral sul a 37km de Recife, oferece águas mornas e cristalinas aos seus visitantes.  O visitante pode conhecer suas praias de bugue ou de catamarã. O município guarda um grande acervo histórico, cultural e religioso, como os antigos engenhos que ajudaram a colocar Pernambuco no topo mundial da produção de açúcar no Século XVII. Engenhos antigos, como o Engenho Massangana hoje impulsionam o turismo rural no estado e revelam o contexto histórico da região. Além do Forte Castelo do Mar, construído pelos portugueses, em 1631, no intuito de proteger os domínios da Coroa Portuguesa sobre a capitania.

Praia-de-Coqueiro

Praia de Maragogi, com piscinas naturais rasinhas e repletas de peixes. É possível explorar as águas com snorkel na maré baixa, fazer passeios de barco ou conhecer as praias semidesertas da região de bugue. A praia tem ponto de apoio com ducha e restaurante.

Maragogi

Cidades de Caruaru e Nova Jerusalém, localizam-se a oeste da capital do estado, distando desta cerca de 130 km. Caruaru vem desenvolvendo um papel centralizador no Agreste e interior pernambucano, concentrando o principal pólo médico-hospitalar, acadêmico, cultural e turístico da região. Na Feira de Caruaru, conhecida por ser uma das maiores feiras ao ar livre do mundo e ter sido tombada como patrimônio imaterial do país pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), o visitante encontra xilogravuras de cordel, cangaceiros, trajes de couro de vaca, fantoches típicos, carrancas de madeira, entre outros produtos de artesanato da região. Possui também a maior Festa Junina do mundo, segundo registro do Guinness World Records (o livro dos recordes), e é internacionalmente conhecida pelos festejos. O artesanato com barro de Caruaru ficou mundialmente conhecido pelas mãos de Vitalino Pereira dos Santos, o Mestre Vitalino, que tem suas obras expostas no Museu do Louvre, em Paris, e em sua antiga residência no Alto do Moura, em Caruaru. Já Nova Jerusalém é um teatro ao ar livre, localizado no município de Brejo da Madre de Deus, a 202 km do Recife. O cenário remete uma reconstrução parcial da cidade de Jerusalém nos tempos em que viveu Jesus. Seu projeto foi idealizado e construído por Plínio Pacheco. Todos os anos, durante a Semana Santa, realiza-se o popular espetáculo “Paixão de Cristo de Nova Jerusalém”. Participam dessa encenação cerca de 500 pessoas, entre atores de expressão nacional, atores regionais e figurantes. Saiba mais no site da organização .

Fontes:
http://www.pernambuco.com/turismo/capa_turismo/
http://www.olinda.pe.gov.br/
http://www.cabo.pe.gov.br/index.php/turismo/
http://www.caruaru.com.br/

Deixe um comentário