Carregando...
''

Sol, Dunas e Águas – A combinação perfeita para suas férias em Natal e Pipa

Litoral do Rio Grande do Norte encanta com cenários paradisíacos

Uma das capitais mais antigas do Nordeste, Natal, no Rio Grande do Norte, continua a habitar o pensamento de milhares de brasileiros e estrangeiros quando o assunto é a escolha de onde passar as férias. As praias e dunas deslumbrantes justificam o motivo de a cidade receber cerca de dois milhões de visitantes durante todo ano. O sol, que brilha quase todos os dias, é o complemento perfeito para todas as atrações de Natal e sua vizinha Praia da Pipa, em Tibau do Sul.

02-Post-NatalPipa-praia-da-pipa

Já no caminho do aeroporto ao hotel é possível avistar seu primeiro ponto turístico da viagem, a Ponte Newton Navarro, que foi construída sobre o Rio Potengi para fazer a ligação entre diversos pontos de visitação da região. Para a hospedagem, os locais mais procurados são a Praia Ponta Negra e a Via Costeira. A primeira é a principal praia urbana e dá vista ao gigante Morro do Careca, com diversos bares e restaurante pela orla, é a região mais requisitada, apesar de a Via Costeira ter os melhores hotéis e as praias mais limpas, os turistas têm preferência por Ponta Negra por causa do agito. Agora, se você procura tranquilidade, escolha a região da Via Costeira, lá se encontra o Parque das Dunas, que é considerado o maior parque urbano sobre dunas do Brasil, onde é possível fazer trilhas, andar de bugue e se refrescar nas lagoas.

01-Post-NatalPipa-praia-ponta-negra

Já na Praia dos Artistas, localizada a cinco minutos do centro, há boas ondas para surf e a região também atrai muitos visitantes, pois o Centro de Artesanato está presente no local. Lá, encontram-se souvenirs, acessórios de praia, além de produtos alimentícios típicos do Nordeste, como castanhas, queijo, manteiga, rapadura e outros. Para outra opção de praia urbana, vá à Praia do Forte para praticar windsurf e ver o Forte dos Reis Magos, datado do período colonial, o monumento tem o formato de uma estrela de cinco pontas e foi construído com pedras de granito trazidas de Portugal. Dada sua importância simbólica, o Forte foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em 1949. As praias de Areia Preta e a do Meio também valem a visita. Na Praia da Redinha, conheça o antigo Mercado Público, a Igreja de Nossa Senhora dos Navegantes e o Aquário Natal, que é o maior do Nordeste.

05-Post-NatalPipa-forte-reis-magos

Para comer, aposte no camarão, já que a produção do crustáceo na região é grande, há variedade de receitas. Experimente o rodízio na Trilha do Camarão, o restaurante tem fácil acesso tanto para quem está na Ponta Negra como na Via Costeira. A Ginga com Tapioca também vale a pena ser experimentada, a iguaria leva pequenos peixes fritos, geralmente manjuba ou manjubinha, envoltos por goma de tapioca. A receita foi considerada Patrimônio Imaterial do Rio Grande do Norte. Coma também a carne de carneiro, o feijão verde, o arroz de leite e a paçoca de carne de sol.

04-Post-NatalPipa-gastronomia-camarao

Além das praias e dunas, Natal também tem atrativos culturais, como o Museu de Arte Sacra, localizado próximo à Igreja de Santo Antônio, que reúne acervo com imagens de santos dos séculos XVII a XX; o Memorial Câmara Cascudo, em homenagem a Luís da Câmara Cascudo, historiador que passou toda a sua vida na cidade e tem grande representatividade para os moradores e também a Fundação Cultural Capitania das Artes que apresenta exposições de artistas locais e nacionais. O Centro de Turismo, prédio construído em estilo neoclássico onde era a antiga Casa de Detenção, é um espaço cultural com exposições e feira de artesanato, além do Forró com Turista, que às quintas-feiras apresenta shows com o melhor do ritmo regional.

06-Post-NatalPipa-forro-com-turista

Saindo da capital, é hora de explorar o litoral sul. Distante 85 km de Natal, o município de Tibau do Sul abriga a famosa Praia da Pipa, um verdadeiro recanto de tranquilidade, golfinhos e tartarugas marinhas. O nome Pipa foi dado pelos portugueses em referência aos barris de vinho e azeite, que lá são chamados de “pipa” e se assemelham ao formato da praia. Já Tibau do Sul, nome de origem indígena, significa “entre duas águas” pelo fato de a Lagoa de Guaraíras e o Oceano Atlântico margearem a cidade. Para chegar até lá, há opção de ir de bugue ou de carro. A Praia da Pipa é a mais procurada, cercada pelo Chapadão, a formação rochosa de 25 metros permite que a partir do mirante se tenha uma vista privilegiada das falésias de coloração avermelhada. Outro atrativo é o Santuário Ecológico de Pipa, nele existem 16 trilhas, cada uma com uma atração e um objetivo diferente, onde também há presença de animais típicos de Mata Atlântica.

Há outras praias, visite a Praia do Amor, o formato lembra um coração, a Praia do Centro e a Simbaúma. A Baía dos Golfinhos e as praias do Madeiro e do Curral são mais afastadas, mas se você quer avistar o simpático mamífero são esses os lugares que eles costumam aparecer. Já a praia de desova de tartarugas é a das Minas, no entanto, o mar é forte, então ela é a preferida para prática de kitesurf. Aproveite e faça um passeio de barco para conhecer o local por meio do mar. À noite, o ponto de encontro é na Avenida dos Golfinhos, com diversas opções de restaurantes, principalmente os de frutos do mar e de peixes. Para quem gosta de balada, a indicação é a Boate Calangos e o Oz Music Bar.

03-Post-NatalPipa-kitesurf

Agora, se o tempo da sua estadia permitir, dê uma esticada até o litoral norte. Que tal conhecer os quase 8.500 m2 de copa do cajueiro da Praia de Pirangi do Norte, em Parnamirim? Ou então curtir o passeio de bugue nas dunas de Genipabu? Nadar nas piscinas naturais de Maracajaú. Passear em São Miguel do Gostoso. E muitas outras paisagens que esperam a sua visita. Seja ao sul ou ao norte, Natal é o destino para você ter opções de lazer e descanso.

Texto Publicado na Revista Férias&Lazer – Edição 54

Deixe um comentário