Carregando...

Tutoia, para degustar o Delta do Parnaíba e os Lençóis Maranhenses

A pequena Tutoia, cidade do norte do Maranhão, a 463 quilômetros de São Luís, começa a ser descoberta como um destino singular, graças à sua localização privilegiada. Geograficamente situada entre o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses e o Delta do Rio Parnaíba, Tutoia integra esses cenários e destaca o que há de melhor nas paisagens de duas das atrações da Rota das Emoções, num delicioso recorte dessa experiência no litoral do Maranhão. É porta de entrada para o Delta no estado maranhense e também caminho para quem sai de Lençóis rumo a Jericoacoara, no Ceará, ou para quem sai de Jericoacoara ou de Parnaíba, no Piauí, para os Lençóis Maranhenses.

Dica: Tutoia foi relacionada como um dos “1.000 lugares fantásticos no Brasil”, publicado pela editora Globo em 2006.

 dunas

O Rio Parnaíba divide os estados do Maranhão e do Piauí e ao desaguar no Oceano Atlântico forma um grande arquipélago, o único em mar aberto das Américas. O que pouca gente sabe é que 65% da área do Delta está localizada no Maranhão, nas cidades de Tutoia, Paulino Neves e Araioses. Portanto, meio caminho andado para viver momentos bem legais, partindo de Tutoia, como o passeio pelo Delta do Rio Parnaíba. Pode ser à moda antiga, num barco a motor chamado paco-paco (referência àquele barulhinho do motor, sabe?) ou a bordo de “voadoras”, lanchas rápidas, que saem do porto de Tutoia. No trajeto estão ilhas e dunas, com direito a parada na Ilha de Coroatá para um delicioso almoço caseiro, a base de peixes da região, preparados na hora. Tudo acontece no Restaurante do Neto, o único da ilha.

Dica: Experimente o camarão no abacaxi ou o delicioso peixe grelhado restaurante da ilha. Antes de sair para o passeio, você escolhe o seu prato para quando chegar lá ele já esteja quase pronto.

Além de Coroatá, outras ilhas formam o grande Delta do Parnaíba. São mais de setenta, como as Ilhas Cajueiro, Melancieiro (Carrapato), Igoronhon, Grande, Pombas, José Correia, Caieira, Papagaio, entre outras, que podem ser conhecidas ou avistadas em deliciosos passeios de barcos pelo Rio Pexicá. O passeio pelas Ilhas do Delta inclui também passagem por “cemitérios de navios”, embarcações cargueiras que encalharam em bancos areia nas baías da região, como de Melancieira; passagem por florestas de igarapés; cata de caranguejos nos mangues; além de paradas em praias de águas quentes para deliciosos banhos em águas na Baía de Tutoia, chamada “proa do pé do mar”.

baia-de-tutoia

Curiosidade: O porto de Tutoia foi o 2º porto fundado no Maranhão. Ele recebia mercadorias destinadas ao maranhão e ao Piauí e também exportava especiarias para outros países como o pó de carnaúba e o sal extraído das lagoas nos períodos de seca.

Pelo caminho, surgem no horizonte imensas dunas que avançam para o mar. É a Ilha do Caju, a 2ª maior ilha do Delta, com 25% da sua área formada por dunas. Vale a pena subir no topo de uma duna e avistar toda a grandiosidade do Oceano Atlântico. Para um pôr do sol dourado com pinceladas vermelhas, vale uma parada no Recanto dos Guarás. Ao entardecer, as aves ,de um vermelho fantástico, levantam voo e seguem em revoadas para o manguezal onde vão passar a noite. O espetáculo é inesquecível.

praia-do-arpoador

O Roteiro do Sol inclui um passeio pela orla de Tutoia, a bordo de um veículo 4×4, para percorrer 19 quilômetros ao encontro de dunas e praias de areias brancas, como a Praia do Amor, com seus três quilômetros de águas mornas e limpas, a praia do Arpoador, acessada apenas na maré baixa e Namorados, uma praia deserta, com dunas que soterraram o mangue e cujas raízes aéreas começam a reaparecer.

Dica: O acesso a Arpoador é feito pela praia Moita Verde (Félix), que fica no início de Pequenos Lençóis

A 12 quilômetros do centro de Tutoia está a magnífica área de Pequenos Lençóis, um aperitivo da paisagem dos Grandes Lençóis Maranhenses, com as mesmas características: dunas intercaladas por lagoas, com o diferencial de areias douradas no lugar de areias branquinhas, além da oportunidade de explorar as dunas a bordo de quadriciclos, aventura não permitida dentro do Parque Nacional.

pequenos-lencois

Dica: Entre maio e agosto, após o período das chuvas, é o melhor período para conferir a paisagem de Pequenos Lençóis, quando as lagoas estão cheias.

As lagoas fazem parte dos encantos do Delta do Parnaíba. Um dos cenários mais belos é o da Lagoa de Maceió que, nos tempos sem chuva, aparece rodeada de sal. A Lagoinha é uma lagoa perene de águas claras, localizada a 8 quilômetros do centro de Tutoia. Ótimo lugar para fazer uma parada para tomar banho e saborear uma galinha caipira com pirão de parida.

Dica: A galinha refogada servida com pirão de parida é uma deliciosa receita típica do Piauí. O pirão, feito com caldo do refogado jogado sobre a farinha de mandioca, leva esse nome porque é oferecido à mulher que se encontra em resguardo após o parto.

kite-surf

Não se surpreenda se, de repente, o céu de Tutoia ficar pintado de pipas coloridas. É que os kitesurfistas estão preferindo as praias de Tutoia para praticar o esporte, especialmente por causa dos ventos que chegam a 100 km/hora, das águas quentes do seu mar e, logicamente, pelas dunas que compõem o cenário.

Quando a Rota das Emoções estiver no seu planejamento de viagem, programe descobrir Tutoia. Um novo e surpreendente destino! Conte com as opções de hospedagem na cidade e na região. Entre em contato com a nossa Central de Reservas.

Imagem Capa (via)

Nhirleine

Vagas em tutoia

5 de junho de 2017 | Responder
    Redação RDC

    Olá, Nhirleine! Nesse caso pedimos que entre em contato com a nossa Central de Reservas. Nosso atendimento acontece de 2ª a 6ª, das 8h às 20h30, nos telefones (11) 2172-0250 / 4096-0250. Nossa equipe poderá orientá-la quanto a disponibilidade no período desejado. Qualquer dúvida, conte com a gente. Obrigado. 😉

    6 de junho de 2017 | Responder

Deixe um comentário