Carregando...
''
GRANDE01-DestaqueVilaVelha-Vitoria

Vitória e Vila Velha, belezas juntas e misturadas

Localizadas no Espírito Santo, Vitória e Vila Velha são duas cidades tão próximas (apenas 12 quilômetros de distância) que o viajante pode deixar de lado as questões geográficas, os limites entre os municípios e fazer um único roteiro de viagem. Não precisa nem se preocupar em mudar o local da hospedagem. Basta escolher uma cidade ou outra e pronto! Estará perto das atrações turísticas de ambas.

Assim como Florianópolis, em Santa Catarina e São Luís, no Maranhão, Vitória é uma das três capitais brasileiras localizadas em ilhas. Três pontes contam bem como ocorre ligação entre as cidades. Duas levam da zona portuária de Vitória ao centro de Vila Velha, enquanto o cartão postal da cidade, a majestosa Terceira Ponte (Ponte Deputado Darcy Castello de Mendonça), faz a principal ligação para Vila Velha e o litoral sul do Espírito Santo, ligando os bairros mais nobres das duas: a Praia do Canto, em Vitória e a Praia da Costa, em Vila Velha.

02-Post-terceira-ponte

Vitória foi criada em 1551 e isso já é razão suficiente para fazer um passeio a pé pelo centro de Vitória, também conhecido como Cidade Alta, para conhecer seu patrimônio históricoCalce tênis ou sapatos bem confortáveis e comece visitando onde a cidade teve início, o Palácio Anchieta, construído entre 1573 e 1759, atualmente sede do governo estadual. Perto dali, também estão a Catedral Metropolitana, construção de 1920, com seus vitrais e sua arquitetura em estilo neogótico; a Capela de Santa Luzia, do século 16; a Igreja de São Gonçalo, de 1707, tombada pelo IPHAN; o Teatro Carlos Gomes, construção de 1927, inspirada no famoso Teatro Scala, de Milão, e a Igreja do Rosário, de 1763, construída por escravos e que abriga um pequeno museu no primeiro andar.

12-Post-catedral-metropolitana

Dica: Exceto a visita ao Palácio Anchieta, as demais atrações contam com monitores do Projeto Visitar, que orientam o passeio sem cobrar nada (3ª/dom 9h/17h; Tel. (27)3235-7078).

Rumo às praias de Vitória, com boa infraestrutura e balneabilidade. A praia mais central e mais badalada de Vitória é a Praia do Canto. Oferece mar de águas cristalinas, ondas calmas e é onde acontecem campeonatos de pescas esportivas. Com belo paisagismo, é cenário de agito, onde se concentram bares e atrações que movimentam a vida noturna da cidade.  

03-Post-praia-do-canto

A maior praia de Vitória, Camburi, reúne calçadão com quiosques, ciclovias e jardins. Oferece mar azul de águas claras, perfeito para velejar e praticar esportes aquáticos, como kitesurfe e windsurfe, e é onde uma escola de vela faz ponto. Banhos de mar exigem cuidado por causa das depressões e valas. Coqueiros fincados nas areias fofas de cor avermelhada fazem parte do cenário.

05-Post-praia-cumburi

Prepare-se para curtir com a família o visual que se descortina na Praia da Curva da Jurema: a vista das ilhas do Frade e do Boi, mar de águas calmas e cristalinas com a turma dos esportes náuticos praticando Stand Up Paddle (SUP), caiaque, vela e outras atividades. Na orla, infraestrutura de restaurantes e bares. À noite, a praia é iluminada artificialmente e ganha vida noturna agitada.

10-Post-Curva_da_Jurema

A Ilha do Frade, uma das 34 ilhas de Vitória, é acessada pela Ponte Desembargador Paes Barreto. Cercada de pedras e ocupada por mansões e residências luxuosas, é o bairro mais nobre da cidade. A ilha possui duas praias, uma logo na entrada, com o nome de Primeira Praia à Direita, que oferece belo visual da Enseada do Suá, e outra, no final da ilha, a pequena e charmosa Praia das Castanheiras, com apenas 120 metros de extensão, com piscinas naturais entre as pedras e sombra de castanheiras. Aproveite e visite também o Mosteiro dos Frades e o belíssimo Bosque José Moraes.

07-Post-ilha-do-frade

Outro bairro nobre de Vitória está localizado na Ilha do Boi e oferece uma das menores e mais badaladas praias da cidade, a Praia da Direita, cenário com formações rochosas e mar de águas claras e tranquilas. A Praia Grande ou da Esquerda oferece cenário bucólico e é ideal para quem busca tranquilidade. Uma pequena praça com brinquedos foi construída na parte alta da praia.

08-Post-ilha-do-boi

Faça como os jovens de Vitória, siga rumo à Vila Velha com seus trinta e dois quilômetros de litoral, seis praias principais, lagoas, muito azul e muito verde em várias áreas de proteção ambiental. A praia preferida desses jovens é a badalada Praia da Costa. Com areias douradas, mar de águas cristalinas, ótima infraestrutura com imenso calçadão, ciclovia e áreas para a prática de vários esportes.

Continuação da Praia da Costa, a Praia de Itapoã oferece ótima infraestrutura com bares e restaurantes, cenário com mar de águas claras e ondas fortes, ideal para a pescaria de arremesso e onde se vê barcos de pescadores locais partindo para alto mar. No final da tarde, pausa para apreciar o espetáculo do arrastão de rede.

04-Post-praia-da-costa

Seguindo pela Praia da Costa, a animada Praia de Itaparica, com ótima infraestrutura de quiosques, calçadão, shows ao vivo, oferece atrações de dia: mar de ondas fortes e águas claras e vida noturna agitada. Grupos de pagode fazem shows ao vivo nos finais de semana

A beleza da Praia da Barra do Jucu não é diferente das demais: ondas fortes e claras com areias douradas e fofas. A diferença está na frequência. É semi deserta, com pouca infraestrutura e a preferida dos surfistas. Os maiores espetáculos da praia são o encontro do mar com as águas calmas do rio Jucu e o voo das garças, que acontece às tardes.

06-Post-praia-barra-do-jucu

Ainda em Vila Velha, entre Vitória e Guarapari, a Ponta da Fruta é uma cidade balneária, com lagoas, restaurantes, bares e as praias da Baleia, do Sol e Rasa.

Não saia de Vila Velha sem apreciar a vista fantástica ao visitar a principal atração religiosa, cultural e histórica da cidade: o Convento Nossa Senhora da Penha, padroeira do Espírito Santo. Tombado pelo IPHAN em 1943, o convento está localizado num penhasco, a mais de 154 metros de altitude. Sua construção teve início por volta de 1558, um dos santuários mais antigos do Brasil.

11-Post-convento-nossa-senhora-da-penha

Encerre com doçura a sua viagem à Vila Velha. Agende uma visita à Fábrica da Garoto, fundada em 1929. O roteiro inclui a história da indústria, todo o processo de fabricação do produto e degustação do chocolate.  A visita ao museu é gratuita e o roteiro na fábrica deve ser previamente agendado.

09-Post-fabrica-de-chocolates-garoto

Prove outras gostosuras do Espírito Santo, as famosas moquecas capixabas feitas nas panelas de barro,sem azeite de dendê nem leite de coco; a muma de siri ou a torta capixaba, preparada com siri desfiado, camarão, ostra e sururu, além de bacalhau e palmito – iguaria encontrada nas mesas capixabas especialmente na Semana Santa.

01-Post-torta-capixaba

Mais do que lembranças, leve para casa os trabalhos artesanais das Paneleiras da região de Goiabeiras, ao norte da Ilha de Vitória. Elas fabricam as tradicionais panelas de barro, utensílio indispensável para preparar a autêntica moqueca capixaba, de garoupa salgada com banana da terra, e a torta capixaba.

Dica: Vendas diretamente no Galpão das Paneleiras, em Goiabeiras, tel. (27) 3327-0519 e lojas de artesanato.

Para uma viagem “dois em um” à Vitória e Vila Velha, considere as opções de hospedagem de parceiros RDC nesses dois destinos e faça seu roteiro de viagem. Consulte a nossa Central de Reservas.

Deixe um comentário