Carregando...

Aparecida  – um caminho pela fé

 

Em véspera do dia 12 de outubro, os caminhos que levam até Aparecida, no interior de São Paulo, estão repletos de pessoas que enfrentam os duros quilômetros em prol da fé. Seguem suas viagens de carros, ônibus ou até mesmo a pé, em grupos ou sozinhas.

Basílica Nacional de Aparecida.

A via Dutra é apenas uma parte desse trajeto, que para muitos é um fator de mudança.  Embora, algumas pessoas passem dias caminhando até chegar ao seu destino, a estrada consegue ser acolhedora com o devoto. Ele pode encontrar inúmeras tendas para auxílio ao romeiro com comida, água, atendimento médico ou uma palavra de apoio. Muitos percorrem longas distâncias que são recompensadas pelas graças alcançadas ou pela força vinda dentro daqueles que acreditam. Uma verdadeira epopeia que não é erguida de sonhos de pó, mas sim pela ação que pode fazer diferença. Aqui, seja para quem acredita ou não, a viagem é transformadora.

O combustível para essa viagem vem da palavra fé, que tem origem do latim com sentido de adesão de forma incondicional a uma hipótese que passa a considerar como sendo verdade. É crer sem provas, apenas confiando, sem dúvidas.  Da fé, surge outra derivação. Agora, um adjetivo que caracteriza essas pessoas que caminham por essa estrada, o fiel – que busca, como a música de Renato Teixeira, levar seu olhar até o seu destino final.

Após a pandemia, muitas coisas mudaram em Aparecida. Antes, milhares de pessoas se encontraram em cultos, pelos pontos das cidades, descansando em seus hotéis e comungando em um único sentido. Foram meses em que as missas foram transmitidas pela TV e pela internet sem a presença do fiel. Até mesmo há a possibilidade de dar um tour virtual pela Basílica sem sair de casa, instigando mais ainda o desejo de estar lá de corpo e alma. Contudo, a fé continuava sempre sendo fortalecida, ainda mais neste momento em que ela é tão necessária.

Após todos esses meses, tanto as celebrações voltam pouco a pouco a serem abertas, como também os ônibus de excursões também podem voltar a trazer seus milhares de grupos. Claro que com cautela e todas as recomendações sanitárias exigidas para garantir a saúde de todos.

Fonte: Santuário Nacional de Aparecida.

Muita coisa mudou. Ao chegar à cidade, de ônibus, carro ou a pé, o viajante deve aferir sua temperatura por uma equipe que fica na porta da cidade. Todos recebem recomendações sobre o distanciamento e uso de álcool em gel. Desta forma, podem seguir mais seguros e confiantes para iniciar sua visita.

A vida vai tomando sua nova forma e aos poucos o que era rotineiro retorna com mais fôlego. Este ano de 2020, a missa solene em comemoração ao dia da Padroeira, ocorreu com um público muito reduzido, contabilizando a mesma quantidade de pessoas que há 46 anos, cerca de mil pessoas. Respeitando o distanciamento, com usos de máscaras, celebraram essa data. Ao todo foram cerca de 23 mil pessoas a visitar o Santuário nesse período de festejos pós-pandemia, limitados, porém convictos em ao menos estender seu olhar, como a música “Romaria” à imagem no Nicho. O público era pequeno, tal como os horários restritos.

Fonte: Basílica Nacional de Aparecida.

Com o tempo, a cidade vai se abrindo novamente. Os hotéis já haviam retornado, com a capacidade reduzida, e agora se preparam para receber esse visitante que está com saudades da cidade. Os restaurantes já estão abertos, seguindo todas as recomendações. Todas as atrações já estão funcionando, como o bondinho, o Trem do Devoto, o Museu de Cera, a Sala das Promessas, Sala das Velas e a própria Basílica estão funcionando para o público. Sobre as missas, até o presente momento, ainda estão recebendo apenas mil pessoas por sessão. Em breve, outras novidades surgirão para alegrar a viagem à Aparecida.

 

Missas

Anote aí os horários de funcionamento e das missas:

Santuário Nacional

Funcionamento

Segunda a sexta-feira – 08h às 18h

Sábado e domingo – 05 às 20h

 

Missas

Segunda a sexta-feira – 6h45, 9h, 12h 3 16h

Sábado – 6h30, 9h, 12h, 14h, 16h e 18h

Domingo – 6h, 8h, 10h, 12h, 14h, 16h e 18h

Praticamente todas as missas são transmitidas ao vivo pela TV e pela Internet.

 

Basílica Velha

Funcionamento

Segunda a sexta-feira – 14h às 19h

Sábado e domingo – fechado

Horários das Missas

Segunda a sexta-feira – às 18h

 

Os hotéis

Para aproveitar bem todas as atrações de Aparecida e ter um tempo para contemplação, o ideal é passar pelo menos dois dias na cidade. Para isso, a hospedagem é fundamental. Aqui, uma dica de quais hotéis você pode se hospedar com seu Plano de Viagens RDC.

 

San Diego Express Aparecida

Localização: Av. Isaac Ferreira Encarnação, 523, Aparecida – SP

 

Situado próximo à Passarela da Fé, a 450 metros da Basílica, esse hotel é seu porto seguro na cidade. O ambiente é clean, bem decorado e com funcionários atenciosos e dispostos em ajudá-lo em qualquer situação. Embora haja placas de acrílico separando os funcionários dos hóspedes, o calor humano é sentido pelo tratamento.

Tudo se inicia no check-in na recepção, com agendamento prévio e distanciamento para garantir a segurança de todos.  É neste momento que será aferida a temperatura também e as recomendações para uma excelente estada no hotel. O atendimento ao público de risco, com mais de 60 anos é prioritário.

Pertencente da Rede Summit Hotéis, o San Diego oferece ao viajante conforto para o descanso merecido. São apartamentos amplos, com camas confortáveis, ar-condicionado, frigobar e segurança. Há também alguns apartamentos adaptados para pessoas com necessidades especiais. O Wi-fi e o estacionamento são gratuitos, revelando mais comodidade a sua visita.

 

 

A alimentação é um item muito importante para quem vai curtir o dia nas muitas andanças por Aparecida. Então, nada melhor que aproveitar o café da manhã oferecido em buffet, com frutas da estação, sucos, pães e um bom café para dar aquela animada para a missa das 06 da manhã. É importante ressaltar que a dinâmica do atendimento do buffet de café da manhã sofreu algumas mudanças, sendo servida individualmente, por meio de uma comanda em que o hóspede escolhe previamente o que irá consumir.

Outra praticidade para o hóspede é o restaurante e a loja de conveniência abertos 24 horas por dia. O room service está funcionando, com todo os critérios de higienização e distanciamento necessários.

 

OBS: Acomodação free para crianças até 05 anos, quando o terceiro ocupante do apartamento.

 

Hotel Rainha do Brasil

Localização: Av. Isaac Ferreira Encarnação, 501 – Jardim, Aparecida – SP

Em Aparecida você pode ter uma viagem completa e também se hospedar no hotel da Basílica Nacional de Aparecida, o Hotel Rainha do Brasil. Ele está situado nos jardins da Cidade do Romeiro, em uma localização privilegiada, que preza pela tranquilidade, atrelada ao princípio da sustentabilidade.

Esse hotel é o primeiro no Brasil a receber o Selo Verde de Certificação de Eficiência Energética, concedido pelo Inmetro. Para isso, o baixo impacto ambiental foi uma das principais diretrizes para a sua concepção, sendo orientado para o crescimento de forma sustentável, por meio de soluções como tratamento de água cinza, irrigação, energia e aquecimento de água, para um consumo consciente e inteligente dos recursos naturais.

Ele também fica próximo à Basílica e oferece traslado entre o hotel e a igreja gratuitamente, de acordo com a disponibilidade. Há um serviço de visitas monitoradas ao Santuário Nacional, abrangendo outros pontos de Aparecida.

As suas dependências são bem confortáveis, pensadas na praticidade e bem-estar de toda família, além da segurança. E quando falamos em segurança nos tempos atuais, falamos de higienização. Tudo muito limpo, com desinfetantes orientados pelos órgãos sanitários. Há apartamentos adaptados às pessoas com necessidades especiais para que assim também possam usufruir da melhor forma a sua estada.

 

 

 

A alimentação é um fator importante em um hotel, e aqui você conta o regime de meia pensão, o que compreende o café da manhã mais uma refeição que pode ser o almoço ou jantar.

O café da manhã tem um buffet bem variado e farto para alimentar bem o viajante para seu dia em Aparecida. Como forma de segurança, o autosserviço está sendo monitorada pelos funcionários, que auxiliam em todo esse processo. Para as demais refeições, você conta com dois restaurantes e um bar para relaxar com a família.

 

Hotel & Golf Clube dos 500

Localização: Rod. Pres. Dutra – Km 60.760 – Guaratinguetá – SP

Para quem procura por um hotel diferente, na cidade vizinha à Aparecida, Guaratinguetá, há um hotel que vai conquistá-lo. Seguindo mais alguns minutinhos pela Dutra, sentido Rio de Janeiro, você chegará a esse hotel.

Antes de tudo é importante avisar que é um hotel que contém muita história. Os seus jardins foram planejados pelo Burle Marx, as suítes por nada mais, nada menos que Oscar Niemeyer e a decoração, ficou por conta dos painéis de Di Cavalcanti. Somente essa particularidade já é um motivo para sua visita.

Se você quer ter uma experiência diferente, que tal uma partida de golf? Ali, você estará em uns dos principais campos de golfes do Estado de São Paulo. É só se jogar.

Os apartamentos têm esse jeitinho de aconchego que só esses lados do Vale Paraíba têm a oferecer. São espaçosos e contém o que você precisa para curtir e relaxar. Há ala projetada pelo Oscar Niemeyer, como esse apartamento da imagem.

As áreas de lazer é um parêntese à parte. Os jardins são um deslumbre, com piscinas e um lago. Dá para aproveitar – com distanciamento necessário – o dia à beira da piscina. Agora, para quem quer relaxar um pouquinho mais, o cantinho zen é o seu lugar.

Bom, finalmente, a parte que interessa a grande a maioria: a alimentação. Buffet farto, com vários quitutes e tudo que vai trazer uma experiência sensacional para você.

 

Agora, com tantas dicas, você pode aproveitar melhor esse o destino final da fé que é Aparecida.

Bom planejamento!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário