Carregando...

Como é voar em tempos de COVID-19?

 

Aqui, no blog, já falamos das boas práticas que os estabelecimentos hoteleiros têm inserido em seu dia a dia nesse novo normal. Agora vamos falar como é voar em tempos de Covid-19. Embarque nessa leitura, pois não existe segurança melhor que a informação.

A volta ao mundo desse novo tempo

Podemos dizer que estamos vivenciando um marco histórico, que consequentemente, traz uma série de mudanças. O período em questão foi marcado por uma pandemia que literalmente parou o mundo. Nos meses de março e abril, a frota aérea em funcionamento diminuiu mais da metade de sua capacidade no mundo inteiro. No Brasil, não foi diferente. Outro fato que marcou esse período foi a adesão de protocolos de segurança, a fim de adaptar os voos, sobretudo as viagens, em algo possível, antes de se ter uma vacina.

Em um mundo em que o distanciamento social é regra, além do uso de máscaras e higienização, a desconfiança em embarcar em algum meio de transporte coletivo, como trens, ônibus e aviões, tornou-se uma barreira para continuar viajando. Até mesmo os viajantes mais experientes ficaram com essa pulga atrás da orelha: como é viajar nesses tempos?

Por sorte, os aviões têm uma vantagem sobre os transportes urbanos: poderosos filtros de ar e sistema de refrigeração forçada, que podem inativar ação do coronavírus. Claro, quando associado a higienização e o uso de máscaras.

Para ampliar esse sistema de segurança, há um protocolo sanitário publicado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) e que está sendo implementado no setor pelo Grupo de Trabalho coordenado da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

1-Uso de máscara

É obrigatório o uso de máscaras em locais públicos. Logo, em viagens aéreas, as máscaras são mais que um mero acessório, é seu passaporte para poder viajar com tranquilidade. Elas são eficientes como barreira contra a COVID, ainda mais aliada a higienização constante.

Boas práticas

Lembre-se de sempre andar com alguma máscara extra. Toda a vez que a máscara estiver úmida, é preciso trocá-la. Elas possuem uma duração de eficácia entre duas a quatro horas, dependendo do quanto úmido esse tecido ficar. Na hora de arrumar as malas, deve-se levar consigo umas 03 máscaras para ser usadas ao longo do dia.

Quando for trocá-las, as mãos devem estar limpas com água e sabão ou álcool em gel. Manuseie-as pelo elástico ou hastes, sem tocar no centro, para evitar contaminação. Guarde-as em um saco plástico e quando chegar em seu hotel ou em outro pouso, é importante higienizá-las com água e sabão.

2- Dentro do aeroporto

A Infraero orienta que os aeroportos sejam frequentados apenas pelas pessoas que ali trabalham e os que irão viajar. Nos terminais, serão encontradas estruturas ajustadas para essa nova convenção:

  •  Estímulos do uso on-line para check-in – A grande maioria das companhias aéreas já tinha  esse recurso, que agora está ainda mais popularizado e estimulado. No entanto, ainda existem o check-in presencial com número de funcionários reduzidos. A Gol, por exemplo, inovou em fazer o check-in via WhatsApp.
  • Evitar usar cartões físicos de embarque, tal como utilizar cartões de créditos ou smartphones para pagamentos diversos.
  • Divulgação de instruções de higienização, proteção e distanciamento social em sistemas sonoros e painéis informativos nos vários ambientes do aeroporto.
  • Disponibilização de álcool em gel, sabão líquido e pias para a higienização das mãos.
  •  Intensificação da limpeza e desinfecção em locais de circulação e espaços comuns.
  •  Distanciamento com marcação nos espaços, com uso de adesivos em mesas, assentos, esteira e em todos os locais que tiverem fluxos de pessoas.
  •  Evitar aglomerações em restaurantes, lojas e afins.

 

3-Hora do embarque

A regra básica é o distanciamento, e isso implica na hora do embarque. O embarque tem sido faseado- sugestão: por etapas, assim, evita-se aglomeração.

Quanto a bagagem, escolha preferencialmente o uso da bagagem de mão para evitar passar pelo balcão de despacho. Caso, precise levar mais bagagens, não tem problema também, ela será despachada normalmente.

As companhias aéreas não estão medindo a temperatura dos passageiros antes do embarque, isso porque espera-se que a pessoa só viaje em plena saúde física. Caso, o passageiro não se sinta bem antes da viagem, é recomendado procurar auxílio da empresa que o orientará no que proceder.

Escolha do assento

Circula por aí informações falsas, as famosas Fake News, sobre qual a melhor escolha de assentos dentro de uma aeronave, dizendo que é melhor escolher ao lado das janelas. Esse fato não tem nenhuma comprovação científica, portanto sem aplicação neste contexto. Outra notícia que também circulou recentemente é sobre o bloqueio de assentos do corredor que também é falsa, não existe também comprovação neste sentido para essa suposição.

Álcool em gel está liberado!

É permitido que o passageiro leve consigo em sua bagagem de mão até 500 ml de álcool em gel em viagens nacionais, e 100 ml em embalagens transparentes para viagens internacionais. O álcool líquido está proibido e será barrado no raio-x.

4- Durante o voo

Será que é mesmo seguro?

O ambiente interno de um avião tem baixo risco de contaminação pelo coronavírus e outros agentes patológicos, isso porque o seu sistema de filtragem de ar é o mesmo utilizados em hospitais, em ambientes monitorados, como centros cirúrgicos, e seu índice de eliminação desses micro-organismos é de 99%.

O ar no avião é coletado fora da aeronave e com uma renovação entre 2-3 minutos. Uma parte desse ar é reciclada para manter a temperatura e a umidade nos níveis corretos, que passa pelos filtros HEPA antes de ser liberado na cabine. Logo, o ar no avião é constantemente renovado e muito bem filtrado.

Entendendo melhor o HEPA

Da sigla HEPA vem o High Efficiency Particulate Air Filtre um filtro de ar altamente eficaz, que foi desenvolvido em 1940, com o intuito de proteger de partículas radioativas em suspensão de ar, no projeto de construção da primeira bomba atômica. A sua eficácia vem da capacidade da separação de partículas por fibras de vidros dispostas aleatoriamente dentro do dispositivo. Os espaços entre essas fibras podem reter partículas microscópicas maiores de 0,1 micrometro. Desta forma, o COVID-19 é facilmente retido, por ter entre 0,16 a 0,8 micrometro de diâmetro.

Além de suas fibras, o filtro HEPA utiliza três diferentes processos para garantir a eliminação de vírus, bactérias, poeiras e qualquer elemento que possa causar danos à saúde dos passageiros e tribulação em voo.

Para você que ainda tem dúvidas sobre a segurança dos voos, pode confiar na engenharia por detrás das aeronaves. O fluxo de ar foi projetado para minimizar qualquer impacto de contaminação, devido ao sentido vertical que sobra, por cima da cabeça dos passageiros e expelido pelos pela parte de baixo. Outro benefício desse fluxo de ar é a barreira que se forma entre as fileiras de passageiros de uma forma protetora, deixando os passageiros seguros. Esse fato aliado ao uso de máscaras faz com que seja praticamente impossível a contaminação pelo coronavírus durante o voo.

Já vimos que nos aeroportos a higienização é levada muito a sério com limpezas à base de desinfetantes. E essa norma não é diferente dentro dos aviões. O processo de limpeza é realizado a cada novo embarque, o que inclui escalas e conexões.

O uso do banheiro

Você poderá usar os banheiros normalmente. Eles estão seguros e passam por criteriosa higienização e a filtragem pelo potente filtro HEPA. Contudo, nunca se esquecer de lavar bem as mãos e o antebraço após o seu uso.

5- Aperte os cintos, que iremos pousar!

A hora do desembarque, como fazer?

Assim como o embarque, o desembarque será faseado, em fileiras, iniciando pela frente.

 

Live “Viajante do Novo Tempo Viaja Assim”

A informação é a sua melhor aliada para cuidar da sua segurança. Por isso, convidamos você, viajante, a assistir a Live Viajante do Novo Tempo sobre o tema “Como viajar em tempos de Covid-19” com a participação de nosso Parceiro, Gol. Assista e participe!

 

Bom planejamento!

 

 

 

Deixe um comentário