Carregando...

Vem para Maranduba você também

Aproveitando esse clima de pré-verão, temos um destino especial para quem não dispensa uma boa praia.Falamos  aqui de Maranduba, em Ubatuba, Litoral Norte de São Paulo.

A praia

Sabe aquelas praias que quase ninguém conhece, mas não sabe o que está perdendo? Então, é assim em Maranduba. Sem aglomeração, tem uma praia bem bonita, perto de várias outras praias tão bonitas quanto, além de possuir infraestrutura para ter uns dias de praia no sossego que só você merece. Ah, e o melhor, você consegue fugir da muvuca que fica Ubatuba em Alta Temporada. Descanso e paz em uma praia perfeita.

Quem vem do sentido de Caraguatatuba, já encontra Maranduba. É a primeira praia depois de Caraguá, entre as praias do Sapé e de Lagoinha. A vista por lá não é nada mal, de frente estão as Ilhas de Maranduba e do Pontal, que também acabam sendo uma ótima opção para passeios de barco.

A Praia tem um mar calmo transparente, areia fina e compacta e tem 2 km de extensão. Dá para aproveitar bem para caminhar, praticar SUP, andar de caiaque, entre outros esportes aquáticos. Diferente de outras praias de Ubatuba, o mar ali não é bom para ondas. Em compensação, você pode ficar tranquilo com as crianças no mar.

Viajar com sossego é ter a garantia de conforto. Bom, nessa praia você  tem acesso aos quiosques, restaurantes pizzarias, bares noturnos e até um pequeno comércio, com lojas e farmácias.

Para quem quer explorar Ubatuba, opções não faltam. Você sabia que essa cidade possui cerca de 100 praias? Pois é, tem para todos os gostos e necessidades, além das famosas cachoeiras, como Cachoeira da Renata, do “Zé” Correa, Água Branca e o “Poço Verde”, perto do Sertão da Quina.

Cachoeiras

A Cachoeira da Renata é bem conhecida na região e está localizada dentro do Sitio Santa Cruz. Bom, melhor que uma boa praia, é um mergulho em uma água doce e fresca, como essa. Uma cascata com um poço, formam esse pedacinho de céu. Dá para nadar, dá para curtir o ar puro das pedras, dá até para fazer trilhas. Mas, atenção, sempre faça as trilhas acompanhados e também ajude a preservar o meio ambiente, recolhendo seu lixo e não retirando plantas e animais de seu local de origem.

Por esse mesmo caminho, outro ponto é a cachoeira do Zé Correia. Não é bem uma cachoeira, mas sim uma corredeira com várias pedras que formam uma piscina natural de água corrente fresca vinda da Serra do Mar.

Agora, se você gosta mesmo de cachoeiras com quedas de água que parecem um véu de noiva, pode ir para Cachoeira Água Branca. Ela é uma das maiores do Brasil, com 180 metros de queda, e um cenário exuberante de Mata Atlântica, dentro do Parque Estadual Serra do Mar. Para acessá-la é preciso fazer uma trilha de nível difícil, acompanhado por monitores e profissionais credenciados. Precisa ter fôlego, são cerca de 5 horas de caminhada até chegar à queda d’água, contudo, o caminho é recompensador, com várias cascatas e o Poço Verde, já dando um gostinho do que irá encontrar no final.

O Poço Verde é de fácil acesso, contando com uma trilha de 8 minutos mais ou menos, com nível de dificuldade baixa. As águas são calmas, de coloração esverdeadas devido as folhas das árvores.

Onde ficar?

Uma opção de hospedagem é a Pousada Ilha Vitória, Hotel Parceiro Conveniado do Clube, que fica a apenas 100 metros de distância da praia. É perfeito para quem vai viajar com toda a família – inclusive o pet – por oferecer quartos grandes e espaçosos, que comportam de 4 a 6 pessoas, com cozinha equipada e uma sala. Conforto tem endereço em Ubatuba na Pousada Ilha Vitória. Quer dizer, conforto e desconto você encontra nessa pousada:

 – Acomodação free para até 02 crianças de até 12 anos e uma pizza de presente para os Assinantes RDC.

Aproveite para reservar já a sua próxima viagem a Ubatuba. Lembrando que o planejamento ajuda a fazer as suas férias muito mais proveitosas e econômicas. Por isso, fique de olho nas dicas do Clube RDC para você curtir a sua viagem como nunca!

Bom Planejamento!

maria abadia vilaça lourenço

Muito bom!!!!

17 de outubro de 2020 | Responder

Deixe um comentário